Ford lança novo sistema de conectividade compatível com iOS e Android

Avatar

Por Paula Zogbi

26 de janeiro de 2016 às 16:40 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Enquanto os carros autônomos não estão nas ruas, a montadora Ford dá mais um passo na direção de unir automóveis e tecnologia, com a terceira geração do seu sistema de conectividade, o SYNC 3.

Com melhorias na interface desde as edições anteriores, o sistema tem compatibilidade com celulares Android e iOS, além de um sistema de GPS integrado que permite navegar através de comandos manuais ou de voz. Com tela maior e capacitiva – mais responsiva, similar às de smartphones – o sistema possui mais de 10 mil comandos offline, além de ferramentas de emergência automatizadas. Em demonstração, representantes da empresa demonstraram ferramentas para encontrar locais comerciais ou turísticos próximos, algo parecido com o que faz o sistema de busca do Google.

Ao conectar o celular através do cabo USB, os comandos de voz ou de tela podem acionar funções através do CarPlay, da Apple, ou Android Auto, do Google. Dessa maneira, é possível usar todos os aplicativos do celular. Para retornar aos apps será necessário retirar manualmente o cabo USB.

Segurança e disponibilidade

“Quando um airbag é acionado, seja qual for, o SYNC automaticamente telefona para o SAMU e fornece dados de localização. Se o acidente não for grave, o motorista será direcionado a falar com a emergência. É uma solução importante para integrar tecnologia aos carros”, afirma David Borgesm diretor de veículos conectados e supervisor de serviços da companhia.

Segundo ele, a maior parte dos carros possuirão o sistema até o final de 2016. “As pessoas tendem a associar este tipo de sistema a carros mais top de linha, mas levaremos a muitos nomes da nossa linha”, garante o executivo em entrevista.

Carros autônomos

“Sabemos que os carros autônomos virão. Não é nem uma especulação, é uma realidade”, garante David. A Ford, segundo ele, possui a maior frota de veículos autônomos do mundo atualmente, com 35 Fusion em fase de testes como conceito nos Estados Unidos. “Para viabilizar, não basta o carro ser inteligente, toda a cidade tem que ser conectada”, comenta ele. “Enquanto não temos isso, mostramos soluções semi-autônomas, como carros que estacionam sozinhos e sensores que não permitem colisões estabelecendo uma distância máxima.

Sobre parcerias com gigantes de tecnologia, como Apple e Google, para fabricar este tipo de carro, David afirma que não há nada de concreto ainda. “Conversamos com ambas as empresas, e claro que gostaríamos de fazer parcerias com empresas de tecnologias, pois acreditamos que isso seria extremamente enriquecedor, mas ainda não há nada definido”.

Design Thinking

Ao longo dos dias de evento, a Ford também promoverá oficinas de design thinking e desafios de mobilidade urbana, onde os visitantes e campuseiros poderão pensar em ideias tecnológicas para promover a mobilidade urbana. A iniciativa, chamada de Garage Lab, visa montar soluções para cidades inteligentes e já está em andamento.