Facebook quer virar o Uber? Rede patenteia tecnologia de caronas

Avatar

Por Júlia Miozzo

29 de janeiro de 2016 às 12:14 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Uma patente obtida na última quinta-feira (28) aponta que o Facebook tem as intenções de entrar para o mercado de caronas compartilhadas. Como muitas pessoas criam, descobrem e confirmam presença em eventos da rede social, o novo recurso pode ser útil para os usuários: os usuários poderiam compartilhar seus carros ou encontrar pessoas que ofereçam carona.

O CNN Money explica que, ao confirmar presença em algum e-mail, o usuário poderá dar respostas específicas, como “vou e vou dirigindo”, aponta um diagrama da patente. Assim, o Facebook poderia ajudar a coordenar quem pode oferecer carona, mapear a melhor rota, e até mesmo encontrar um companheiro de viagem para quem vai utilizar o transporte público.

“Usuários combinados poderão se beneficiar do custo efetivo, ambientalmente amigável e/ou aspectos sociais de um transporte compartilhado para o evento”, mostra o documento. Também pode ser levado em conta interesses similares de música, comida, etc.

A patente foi registrada em julho de 2014, mas, como normalmente permanecem confidenciais por um período de 12 a 18 meses nos EUA, somente agora foram divulgadas.

No mês passado, a rede social anunciou a parceria com o Uber, permitindo que os usuários solicitem um carro direto do aplicativo do Messenger. Na época, também anunciou que esperava adicionar outros serviços similares ao Uber no futuro.

A rede social ainda não se manifestou sobre o assunto.