EUA vão vistoriar atividades no Facebook antes de conceder vistos de entrada no país

Avatar

Por Júnior Borneli

21 de dezembro de 2015 às 13:00 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O Departamento de Segurança dos Estados Unidos está implementando novas medidas de segurança para o processo de concessão de vistos de entrada no país.

Uma das ações que serão implementadas é a análise do comportamento dos candidatos a visto nas redes sociais. A medida não é genérica, mas direcionada para alguns “grupos de risco”.

Segundo o The Wall Street Journal, essa medida já está sendo utilizada em programas-piloto, mas que não há uma data certa par que entre definitivamente em operação.

Relatórios recentes têm afirmado que o Facebook e outras empresas estão dispostas a ajudar o governo na luta contra o terrorismo através de um sistema eficaz que censura determinados conteúdos.

No último episódio terrorista acontecido no país, em San Bernardino, investigadores descobriram que o casal de terroristas usou o Facebook com nomes falsos para jurar lealdade ao grupo Estado Islâmico.