Esta geladeira da Samsung é a porta de entrada para um mercado de US$ 7 trilhões

Da Redação

Por Da Redação

8 de janeiro de 2016 às 11:55 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Você deve estar cansado de ouvir e conhecer o tremendo potencial da Internet das Coisas, um mercado cujas estimativas conservadores apontam para um valor de US$ 7 trilhões. Mesmo assim, ainda é difícil ver os efeitos práticos deste futuro grande mercado no nosso cotidiano: a tecnologia ainda é muito nova. 

Por isso, uma geladeira da Samsung pode ser a porta de entrada para esse mercado: talvez, finalmente, tenhamos “amadurecido” o suficiente para começar a desenvolver essa tecnologia. A Samsung Family Hub vem com uma tela de 21 polegadas em uma das portas da geladeira, que atua como uma espécie de smartphone (tem até a aparência de um Android).

Com isso, você pode usar o Facebook, calendários, colocar imagens e até deixar recados. Poderá ouvir música e até mesmo assistir TV, caso tenha uma Smart TV da empresa na sua casa. Além disso, ela promete um “gerenciamento mais eficiente de suas compras”, identificar os alimentos que você possui (ou que estão em falta) e rastrear as datas de validades dos produtos. E toda vez que você fechar a porta ela tirará fotografias do que há dentro da geladeira, permitindo que você olhe o que tem e o que não tem no celular mais tarde. 

Pode-se dizer que geladeiras “conectadas” à internet existem, de uma forma ou de outra, há mais de 20 anos. Os primeiros protótipos datam do fim dos anos 90 e a própria Samsung já tenha tido outros modelos que possa. Essa Family Hub só será lançada no segundo semestre, e não há previsão de quando ela chega no Brasil, muito menos o preço. 

Novas possibilidades
O que mais interessa é como as pessoas responderão ao lançamento desse tipo de eletrodoméstico. E uma das possibilidades é o que o pessoal da ExchangeWire propôs: usar a conectividade destas geladeiras espertas que surgirão para abrir um novo business e trazer comodidade para os usuários. 

Funcionaria assim: a geladeira percebe que você ficou sem um produto, por exemplo, queijo. Ela envia isso pela internet e três marcas de queijo fazem uma oferta. A vencedora envia uma propaganda para geladeira ou para o smartphone do usuário. Ele recebe a oferta e, caso aceite, envia uma ordem para comprar queijo na loja online de preferência. De tempos em tempos, os produtos que faltam chegam na sua casa. 

Esse tipo de tecnologia pode ser adotada hoje caso seja necessário – a Amazon já testava algo similar com os seus botões. Isso pode fazer você desperdiçar menos comida e sempre ter seus alimentos favoritos disponíveis para você. É uma ideia lucrativa, ao menos.