Está buscando investimento para sua startup? Então é bom ler isso!

Da Redação

Por Da Redação

23 de agosto de 2016 às 12:55 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A maioria dos empreendedores de startup têm o mesmo objetivo: conseguir investimento. Contudo, antes de sair a procura de investidor, é preciso entender como funciona a cabeça dessas pessoas.

Cada investidor-anjo tem uma tese diferente e seus investimentos são direcionados para determinados nichos de mercado e níveis de empresa. Portanto, se você está buscando investimento ou vai fazer isso em breve, precisa estar atento a alguns pontos importantes.

Os investimentos em startups acontecem em fases diferentes e por caminhos diferentes. Quando o projeto está em fase de validação, normalmente o dinheiro vem dos próprios fundadores, de familiares ou amigos. Mas quando a startup já está validada e busca crescimento, esse dinheiro vem de investidores-anjo e depois de empresas de venture capital.

Para explicar melhor como isso funciona, convidados os maiores investidores do Brasil para o INVEST CLASS, encontro presencial que coloca empreendedores e investidores frente a frente, durante 10 horas:

  • Fábio Póvia: fundador da Movile, startup brasileira avaliada em quase R$ 1 bilhão, tornou-se investidor-anjo após deixar a empresa. Investe em dezenas de startups, é professor dessa matéria na Unicamp e conhece, como ninguém, os dois lados da moeda. É referência nacional no tema.
  • Marco Poli: considerado como um dos investidores-anjo mais técnicos e qualificados do Brasil, é autor dos principais artigos e estudos sobre cálculo de valuation de startups. É membro atuante da Anjos do Brasil e investidor de dezenas de startups aqui e nos Estados Unidos.
  • Edson Rigonatti: um dos maiores especialistas em capital de risco do Brasil, é sócio da Astella Investimentos, empresa de Venture Capital que tem em seu portfólio empresas como Resultados Digitais, Ciatech, Smartbill e dezenas de outras companhias altamente inovadoras.
  • Pedro Englert: foi sócio de uma das maiores corretoras de valores da América Latina até se encantar pelo mercado de startups. Hoje é investidor de mais de 10 startups e possui vasta experiência no mercado brasileiro e americano.

Além de aprender com essas feras do investimento-anjo, cada startup participante poderá apresentar seu pitch para uma platéia de 20 investidores convidados e fazer networking qualificado logo depois.

Cada inscrição para o INVEST CLASS dá direito à participação de 2 pessoas por startup. Para conhecer mais detalhes sobre o evento, acesse o site https://eventos.startse.com.br/investclass/.