Em alta: mulheres empreendedoras, Softbank na América Latina e Nubank

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

9 de março de 2019 às 11:46 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O Carnaval tomou conta de boa parte do noticiário da última semana! Mas teve muito mais coisa rolando. Os carros elétricos estão chegando com tudo. As startups latino-americanas agora terão fundo exclusivo para chamar de seu – criado do Softbank. O Nubank capta mais R$ 500 milhões. E outras novidades.

Mulheres empreendedoras

Na sexta-feira (8), comemoramos o Dia Internacional da Mulher e, para celebrar a data, trouxemos a trajetória de algumas mulheres empreendedoras. A Forbes anunciou quem são as 14 líderes mais influentes do Brasil e separamos 5 TED Talks que mostram que é uma luta, mas que é possível mulheres empreenderem em qualquer lugar.

Startups na América Latina

O Softbank, um dos maiores investidores de startups do mundo, anunciou nessa semana a criação de um fundo de investimentos focado na América Latina. O capital para investimento inicial nas empresas da região será de US$ 2 bilhões. Mas nem tudo são flores: a startup de entregas Glovo, de “delivery de tudo”, deixará o Brasil.

Nubank capta R$ 500 milhões

O Nubank captou R$ 500 milhões através do Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC). A operação foi coordenada pelo Banco Votorantim e pela XP Investimentos. Ainda nesta semana, a fintech foi eleita o melhor banco do Brasil pela Forbes.

Leandro Caldeira, CEO no Brasil do Gympass, fala das dores de crescer rápido

O CEO no Brasil do novo unicórnio brasileiro, avaliado em 1,1 bilhão de dólares, revela os segredos e desafios da empresa, que nasceu como startup em 2012, e hoje está presente em 15 países.