5 formas eficazes para fazer sua startup aparecer na imprensa

Avatar

Por Vinicius Aguiari

27 de abril de 2016 às 22:06 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Todo empreendedor digital ambicioso quer ver sua startup estampada em páginas de jornais, revistas, sites e blogs.

Entretanto, para obter sucesso na busca pelo Olimpo da mídia não basta apenas contratar uma empresa de assessoria de imprensa. É preciso saber como gerar boas histórias.

Em seu livro “Beyond PR: Communicate Like a Champ in the Digital Age“, a autora Cheryl Conner afirma que o trabalho de relações públicas abre as portas para a divulgação “de novas ideias, novas personalidades e novos negócios”. Ele até colabora para que novas indústrias surjam e sejam bem-sucedidas.

Vejam o caso da nova economia compartilhada e startups como o Airbnb e o Uber. O sucesso delas está diretamente ligado a um trabalho bem sucedido de relações públicas e assessoria de imprensa.

Por isso, a estratégia de comunicação é tão importante para o sucesso de uma startup que ela deve estar descrita e detalhada dentro do plano de negócios da empresa!

Mais do que divulgar, influenciar

O marketing – por meio da comunicação – influencia a tomada de decisões de compra as quais nós, consumidores, consideramos autônomas.

Por exemplo, podemos estar mais propensos a utilizar determinado app de taxis em relação a outro, pois sabemos que o primeiro tem uma política de incentivo ao uso da bicicleta, como é o caso da 99Táxis.

Veja também a história da TomShoes que, para cada par de sapato vendido, doa um outro para uma criança carente. Não por menos, o negócio da TomShoes com sapatos deu tão certo que eles estenderam o modelo para óculos e outros acessórios, sempre sob o slogan “One for one” e com um forte de trabalho de relações públicas para ressaltar os benefícios gerados.

O fato é que o trabalho de relações públicas / assessoria de imprensa não envolve apenas promoção – embora promova. Ele atua para construir autoridade, difundir valores, apoiar o marketing de conteúdo, construir imagem, marcas etc.

Desta forma, a filha do meio “Public Relations” caminha de mãos dadas com suas duas irmãs: “Business Communication” e “Digital Communication”.

Mas como gerar ações que tragam resultados?

Em meus tempos como repórter de tecnologia da extinta revista INFO, eu recebia uma série de sugestões de pautas enviadas por assessores de imprensa contratados por startups.

Algumas delas rendiam boas histórias. Outras, por mais que se espremesse, não eram notícia.

Em alguns casos, o bom relacionamento com os assessores influenciava minhas decisões. Em outros, alguns deles mal conheciam os diferenciais da empresa as quais estavam oferecendo.

Desta forma, mais do que contratar um escritório de assessoria de imprensa, é preciso alimentá-lo com boas histórias!

E não espere que ele vá lhe dizer como fazer isto, porque não vai. Aqui novamente entra em cena o papel de um growth hacker criativo para enxergar e gerar histórias fora da caixa.

A seguir, listei cinco ações estratégicas de comunicação para startups para a geração de resultados de impacto. Confira:

1. Lançamento

O lançamento de um novo negócio sempre desperta a atenção dos jornalistas e dos leitores, seja pela introdução de um novo player no mercado, surgimento de novos empregos, oferta de novos produtos e serviços etc.

No caso de uma startup iniciante, sem grandes somas de aportes e investidores robustos, torna-se mais desafiador atrair as atenções da mídia e atribuir credibilidade. Nestes casos, a dica é focar nos veículos de nicho do respectivo mercado. Mas lembre-se: nunca desperdice esta oportunidade!

Exemplo:
Xiaomi, a Apple chinesa, chega ao Brasil com celular de R$ 500

2. Histórias

Aqui entra todo o tipo de histórias relacionadas à cultura da empresa, de seus colaboradores e ações para seu público ou para a sociedade. Vale também o CEO saudável que pratica ciclismo durante a noite para relaxar ou práticas de bem-estar dentro da companhia. O importante é gerar histórias para serem contadas.

Exemplo:
Resultados Digitais quer mudar o marketing digital no Brasil. E está conseguindo

3. Momentum

Neste ponto, trabalha-se tudo que envolve números e “achievements”, como a mudança para um novo escritório, o crescimento da receita, da equipe ou até o alcance de um número X de clientes usuários.

Exemplo:
Instagram atinge a marca de 400 milhões de usuários

4. Produto

Este também é um momento que costuma gerar bons resultados. Aqui pode se falar sobre novos produtos, funções, serviços, preços, planos etc. Para isso, é preciso estar atento aos usuários e clientes para que suas necessidades se transformem em features e, em seguida, em notícias.

Exemplo:
Netflix lança cartões pré-pagos no Brasil

5. Thought leadership ou autoridade

Este é um pontos que eu considero mais atraentes e com maior potencial entre as empresas digitais. A partir da análise dos dados (big data), é possível gerar insights e relatórios, transformar dados em infográficos e listas a fim de compartilhá-los com o público. Estas ações costumam gerar excelentes resultados!

Exemplo:
YouTube divulga lista com os vídeos mais vistos em 2014

É isso…

Espero que este post tenha lhe ajudado a gerar novas ideias para a comunicação de sua empresa.

Caso queira conversar mais sobre o assunto, entre em contato comigo 🙂

Até a próxima!

Sobre o autor:

Vinicius Aguiari é consultor especialista em Growth Hacking e Inbound Marketing e diretor da Visíveo. Já trabalhou em redações de tecnologia, agências de comunicação e empresas digitais internacionais.