Óculos de realidade virtual do Facebook será lançado em março por US$ 600

Avatar

Por Paula Zogbi

6 de janeiro de 2016 às 17:11 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, anunciou nesta quarta-feira a data de lançamento e o preço do seu dispositivo de realidade virtual, o Oculus Rift, feito com tecnologia da Oculus VR, da qual a rede social é dona.

Com pré-encomendas já abertas neste link, o gadget será lançado no dia 28 de março, e só é possível comprar um por vez. Ele custa US$ 599 nos EUA, mas na Europa sai por 700 euros. Ainda não se sabe o preço no Brasil, nem quando chegará por aqui, mas a pré-venda está disponível para 20 países no total.

Em novembro do ano passado, o Facebook disse que o gadget seria uma maneira de democratizar o acesso à informação através da tecnologia de realidade virtual, permitindo que qualquer pessoa estivesse em qualquer lugar com quem quisesse, independentemente de barreiras geográficas. Mas ele não parece ser tão acessível assim a priori.

O gadget, que já não é barato, só funciona de verdade quando conectado a um PC de alta qualidade. Um aplicativo instalado e um cabo conector permitem o acesso a jogos e outros tipos de experiência de entretenimento – e o efeito é surpreendentemente real, de acordo com as pessoas que já testaram.

A Oculus também fez um acordo com a Microsoft que fez com que todos os Oculus Rift venham com um gamepad de Xbox One dentro do kit, além de um jogo chamado “EVE: Valkyre”.

“Mais de 100 jogos de realidade virtual e outras experiências estão chegando este ano. E a longo prazo, eu acredito que a realidade virtual tem o potencial de mudar a forma como vivemos, trabalhamos e nos comunicamos de muitas maneiras. Hoje é um passo importante para esse futuro”, disse o criador do Facebook em uma publicação que anunciava o lançamento. Também hverá os controles de movimentos, “Oculus Touch”, que serão lançados no segundo semestre deste ano. Ansioso?