Conheça a fintech europeia que está ajudando o Brasil a se reerguer

Avatar

Por Lucas Bicudo

31 de março de 2017 às 17:17 - Atualizado há 4 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Desde a crise de 2008 o crédito ficou escasso no mercado brasileiro. Há 10 anos atrás era possível comprar um carro em até 120 vezes, por exemplo. A enorme devolução de automóveis e apartamentos mostrou para as instituições financeiras que era preciso ter cautela e fechar o cofre. Em contrapartida os juros subiram e as exigências para um empréstimo também.

Estima-se que quase 60 milhões de brasileiros estejam endividados. Em 2016, 1.863 empresas pediram recuperação judicial, alta de 44,8% em relação ao ano anterior. Apesar da perspectiva de queda na taxa de juros, inflação e reaquecimento da economia, o spread bancário ainda está acima de 20% ao ano. O risco é o fator determinante para determinar o percentual que o cliente pagará pelo crédito. Mesmo neste cenário conturbado, o Banco Central prevê que o mercado de empréstimos crescerá 2% em 2017.

A ID Finance Brasil, uma fintech multinacional que saiu da Europa para pousar em terras nacionais, acredita na reversão desse cenário. A empresa começou a sua operação através do produto MoneyMan, já consagrado em diversos países como Espanha, Polônia, Rússia, Geórgia e Cazaquistão.

“O mercado brasileiro de empréstimos online tem um potencial máximo na região da América Latina. A população do país é de cerca de 207 milhões de pessoas, dos quais 130 milhões têm acesso à internet de alta velocidade. A expansão dos serviços de telecomunicações acarreta um aumento nos volumes de e-commerce e também do interesse para os serviços financeiros online, entre eles de empréstimos não bancários. O potencial de mercado de empréstimo online no Brasil pode chegar a mais de R$ 90 bilhões”, declara Boris Batin, co-fundador da ID Finance

Em 4 meses de operação no Brasil, o MoneyMan já possui clientes em 997 cidades de todos os Estados do Brasil. Acessando o site, em menos de 5 minutos, a solicitação de empréstimo é avaliada, e caso o empréstimo seja aprovado, o dinheiro é creditado na conta em poucas horas.

Os valores variam entre R$ 200 a R$ 1.500 e podem ser parcelados em até 6 vezes. Através de um programa de pontos, a partir da sexta operação o empréstimo pode sair sem custo nenhum.

“Queremos ajudar as pessoas que necessitam de empréstimo online de um modo rápido e conveniente. Utilizamos algoritmos robustos para a avaliação de crédito no nosso sistema, o que permite esta agilidade, e também as mais avançadas tecnologias globais para prevenir fraudes, como, por exemplo, ferramentas que se conectam a conta bancária do cliente ou verificam o histórico de transações do computador ou celular de quem está navegando em nosso site. Nossa meta para 2017 é de recebermos 80 mil propostas, concedendo mais de R$ 18 milhões através da plataforma”, explica Antônio Brito, Country Manager da ID Finance Brasil.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]