Conheça as startups que ajudam a dividir gastos e até cobrar amigos

Avatar

Por Mariana Rodrigues

20 de setembro de 2017 às 12:29 - Atualizado há 3 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Na conta do bar ou na vaquinha para presentear um colega de trabalho, quando se trata de pagar para outra pessoa as duas primeiras perguntas costumam ser as seguintes: “qual o valor?” seguida de “qual o seu banco?”.

A questão do banco também se aplica a prestadores, principalmente de serviços domésticos, que não portam maquininha de cartão de crédito. Isso acontece pois já não andamos com tanto dinheiro na carteira e as taxas de transferência entre bancos são altas. Um DOC custa em média R$ 8 e uma TED em média R$ 13 – podendo chegar a R$ 20.

O ideal seria uma forma de transferir dinheiro para outras pessoas sem custo, independente do seu banco. No Brasil as formas de fazer isso são por meio de uma conta digital que tenha o serviço gratuito – como o Banco Inter – ou pelo Picpay.

No caso do Picpay, não há custo para o saque do saldo no aplicativo, e dá pra fugir do pagamento de transferência para inserir saldo, usando o boleto. O aplicativo permite gerar boleto para valores entre R$ 10 e R$ 500. Entre os bancos digitais o Neon e o Inter também permitem gerar boleto para colocar saldo na própria conta.

Crescem aplicativos para rachar despesas

Para quem quer organizar as contas compartilhadas, como aluguel ou custos de viagem, e já tem conta digital ou não quer colocar o dinheiro em aplicativo, o Splitwise é uma opção. Com ele os usuários podem interagir de forma mais impessoal, listando e dividindo gastos. A vantagem para quem tem a receber é que a ferramenta envia lembretes e cobranças para quem está devendo.

O Splitwise foi desenvolvido nos Estados Unidos e ainda não tem atendimento em português, apesar de já ter sido traduzido para a língua. De acordo com Jon Bittner, CEO e cofundador da Splitwise, o Brasil é um dos maiores dez mercados do aplicativo, que tem milhões de usuários no mundo compartilhando o equivalente a bilhões de dólares em várias moedas.

Jon conta que percebeu um crescimento espontâneo do Splitwise no Brasil em 2015, sem propaganda. Em janeiro de 2016 ele foi traduzido e desde então teve um crescimento boca-a-boca ainda maior.

O Picpay cresceu 25% ao mês em usuários nos últimos seis meses. Além de transferir para outras pessoas, ele também é aceito em estabelecimentos comerciais. O aplicativo também tem uma versão para profissionais liberais – Picpay PRO, que cobra uma porcentagem por transação e pode receber pagamentos parcelados, além de uma versão para comércios, o Picpay Empresas.  

O Splitwise e o Picpay não divulgam o número de usuários ativos.

 

Saiba como fazer parte desse ecossistema

Para fazer parte do ecossistema global de fintechs, você pode cadastrar sua startup na MEDICI e na StartSe Base.

A MEDICI é uma base de dados que conta hoje com 7.000 empresas de todo o mundo. Ela pertence à Let’s Talk Payments (LTP), empresa global de conteúdo e pesquisas sobre fintechs.

A StartSe Base é a maior base de dados de startups do Brasil, com mais de 5.000 empresas cadastradas.

Sobre a Let’s Talk Payments (LTP)

LTP é a principal plataforma de conteúdo e pesquisas sobre fintechs no mundo. Mais de 400 instituições financeiras e 90 programas de inovação recorrem à LTP para obter informações sobre as empresas que estão disruptindo o setor financeiro.

Mariana Rodrigues é colaboradora regular da LTP, focada no mercado de fintechs do Brasil. Também é colaboradora do blog Dinheiro pra Viver.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.