Coleção de app books surge para engajar jovens a tornarem o mundo melhor

Avatar

Por Lucas Bicudo

23 de setembro de 2016 às 11:38 - Atualizado há 4 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

As metas da Coleção Novo Olhar, de livros-aplicativos, é sensibilizar jovens diante dos grandes desafios humanitários da atualidade e engajá-los com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), indicados pela ONU como formas de tornar o mundo melhor nos próximos 15 anos.

Composta por obras de autores do mundo todo, como Jules Verne, John Ruskin e Tchechóv, a coleção traz contos, conteúdo extra sobre seus autores, atualidades sobre a temática principal (cada app book se refere a um dos ODS apontados pela ONU), além da sugestão de três atividades: um experimento científico, uma proposta de reflexão e uma proposta de ação social.

A Coleção Novo Olhar nasceu do encontro dos empreendedores da startup StoryMax com Pedro Luiz Fernandes, vice-presidente de assuntos corporativos e sustentabilidade da Novozymes Latin America – empresa dinamarquesa líder no mercado mundial de soluções biológicas -, durante o Movimento 100 Open Startups.

Frrit-Flacc, de Jules Verne, é o primeiro livro-aplicativo da coleção e traz um suspense aterrorizante, contado com ilustrações, efeitos de som, animação e interatividade, a história sobre diferença social e mesquinhez, traçando uma ponte entre a indiferença humana e o flagelo da pobreza nos dias de hoje. A experiência interativa de leitura conduz o leitor para o conteúdo extra, que fala sobre o ODS 1 (erradicação da pobreza) e sobre experiências relacionadas a esta meta pelo mundo.

Em seguida, duas atividades sugeridas pelos educadores do SESI-PR – também parceiro no projeto – levam o leitor a refletir, criar textos e se engajar socialmente na transformação do mundo para melhor, com ações práticas. Para finalizar, um experimento prático de Biologia sugerido pelos cientistas da Novozymes – no caso, a construção de uma miniestação de biogás – aproxima o conhecimento científico do dia-a-dia do leitor, levando-o a entender que a mudança do mundo passa pelas nossas próprias atitudes.

A intenção é provocar a reflexão sobre a importância das questões indicadas pela ONU e sobre o papel da Biologia na transformação de que o mundo precisa.

“Nós já tínhamos projetos na área de educação e buscávamos uma forma inovadora e universal de alcançar o público jovem. Queremos que a Biologia seja percebida como uma ciência que pode transformar o mundo para melhor e encontramos os parceiros ideais para publicar app books de alta qualidade, bonitos, emocionantes, engajadores e cheios de informação e aprendizado”, conta Fernandes.

“Contar histórias sempre foi a maneira mais tradicional de se ensinar ou se fazer pensar sobre um tema e cada dia mais as empresas estão entendendo que há histórias universais que falam de temas relevantes para seus públicos. A StoryMax tem trabalhado justamente na atualização dessas narrativas, encontrando seus pontos em comum com a atualidade e recontando-as de um jeito engajador, que mistura mídia e tecnologia como os jovens gostam e com o cuidado de valorizar a atividade de leitura como lazer e descoberta do mundo”, faz coro Samira Almeida, co-fundadora da StoryMax e diretora editorial da startup.

O livro-aplicativo Frrit-Flacc estará disponível nas app stores iOS e Android a partir do dia 27 de setembro, para tablets e smartphones. Ele é gratuito e já vem com versões em português, inglês e espanhol.