Chefe de design da Apple revela porque a empresa criou algo que Jobs odiava

Avatar

Por Júlia Miozzo

18 de novembro de 2015 às 12:19 - Atualizado há 6 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Em entrevista à Wallpaper Magazine, o chefe de design da Apple, Jony Ive, explicou o porque a empresa decidiu ir contra um dos maiores princípios do ex-CEO e fundador da marca, Steve Jobs, e criar a stylus.

O Pencil, como é chamado, acompanha o novo iPad Pro e é voltado para as pessoas que desenham. Quando ainda era vivo, Jobs dizia que qualquer empresa que incluísse um lápis eletrônico seria um fracasso.

“Era fundamentalmente importante não desenvolver uma interface de usuário que pedisse o uso de outro instrumento. Era importante que desenvolvêssemos essa interface com base no múltiplo toque, com base nos dedos”, disse Ive.

“O que nós descobrimos é que existe claramente um grupo de pessoas que valorizariam um instrumento que permitisse que elas pintassem ou desenhassem de maneiras que não podem ser feitas apenas com os dedos.  E eu suspeito que esse não seja um grupo pequeno de pessoas”.

A conclusão é a mesma de quando o iPad Pro foi revelado: um novo mercado para o iPad foi encontrado, o de profissionais criativos, e para tal ela construiu as ferramentas necessárias.