CEO da Mosanto diz que a tecnologia impulsiona produção de alimentos

Avatar

Por Lucas Bicudo

4 de abril de 2017 às 18:01 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Hugh Grant, o CEO da Monsanto, esteve presente no GAF Talks, evento realizado pela DATAGRO em São Paulo, na última semana. O tema de sua palestra? Escassez de áreas aptas à agricultura. Ele pegou uma maçã para ilustrar o que pensa sobre o assunto.

Com o fruto em mãos, ele cortou e o dividiu em quatro partes iguais. Três delas representam a água dos oceanos. A quarta parte é a quantidade de solo no mundo. É aí que ele vai além: metade dessa última é composta por pântanos, desertos e cordilheiras, que também inviabiliza o cultivo. Na conta, resta apenas um oitavo.

A divisão não acaba por aí. Se você cortar esse oitavo em mais quatro partes, três delas são solo rochoso, úmido, íngreme ou com condições climáticas inapropriadas para plantar. Isso nos deixa com apenas 1/32 da maçã. Remova a casca: ela representa o solo da Terra – o solo disponível para os agricultores no mundo.

Grant afirmou que a agricultura passará impreterivelmente pelo aumento de produtividade impulsionado por novas tecnologias. Segundo ele, será preciso produzir mais com menos recursos naturais, financeiros e insumos. Um exemplo é o combate de pragas e doenças nas lavouras, que terá que ser feito por meio de soluções integradas de produtos químicos, biotecnologia e controle biológico.

O CEO comentou ainda que as soluções de agricultura digital serão fundamentais para o incremento da produtividade e eficiência agrícola. Diz ele que é um grande fã de big data.

Outras pessoas concordam com ele: o governo de São Paulo acabou de investir R$ 3 milhões em uma empresa de drones para impulsionar a agricultura no mercado. A tecnologia vai mudar radicalmente como vivemos, melhorando processos antigos e abaixando custos. A Monsanto sabe disso. Produzimos um e-book especial para tratar do tema. Confira.

(via UniversoAGRO)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]