CEO da ex-maior empresa do mundo avisa: 40% dos negócios vão falir em 10 anos

Da Redação

Por Da Redação

27 de julho de 2015 às 09:12 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

SÃO PAULO – John Chambers, CEO (Chief Executive Officer) da Cisco por 20 anos, está viajando o mundo avisando: “40% das empresas vão falir nos próximos 10 anos”, mostra o Financial Times. O que faz com que ele tenha uma visão tão forte sobre o futuro? A internet das coisas e a grande mudança que isso vai trazer.

Garanta sua vaga no Accelerator Day, evento que pode transformar a sua história empreendedora! Confira a programação clicando aqui.

Serão 50 bilhões de aparelhos conectados em 2020 e 500 bilhões em 2030. Para ele, isso vai fazer a economia dar uma reviravolta gigantesca: empresas acomodadas e sem inovação vão falir, dando espaço para novas empresas alinhadas com as inovações deverão tomar seus lugares – uma tendência que já está ocorrendo com milhares de startup de tecnologia ganhando proeminência.

“40% das empresas no Reino Unido não vão existir mais substancialmente nos próximos 10 anos, o mesmo com os Estados Unidos”, disse. Ele está de saída do cargo, afirma que não vai controlar a companhia por trás dos panos, mas destaca que deverá continuar viajando para “vender a Cisco” para o mundo. Afinal, ele não quer que a empresa dele, que já foi a mais valiosa do mundo no final da década de 90, fique no “lado errado dos 40%”.