Bradesco busca startups para o novo ciclo de aceleração do inovaBra

Avatar

Por Lucas Bicudo

26 de outubro de 2016 às 12:32 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O Bradesco anuncia a terceira edição do programa de aceleração inovaBra, voltado para startups que tenham soluções para o setor financeiro.  Esse é mais um dos esforços de grandes bancos para não ficarem para trás das promissoras fintechs.

“Consideramos um sucesso as duas primeiras edições, tanto no número de inscritos como na qualidade das soluções apresentadas. Esse modelo de negócio se consolidou dentro do Bradesco e está conquistando cada vez mais espaço no mercado brasileiro. Ao longo desses dois anos, tivemos uma boa experiência de aprendizado, tanto para o Banco quanto para as startups”, discursa Marcelo Frontini, diretor de Inovação do Bradesco.

A empresa investe pesado no digital, inclusive “copiando” o Nubank nos últimos anos através do Digio, sua parceria com o Banco do Brasil. O programa traz às startups a oportunidade de testarem suas soluções em situações reais de mercado. O objetivo é estabelecer parcerias para acelerar o processo de entrega de experiências aos clientes – o banco possui uma base gigantesca de 69 milhões de usuários -, e escalabilidade de negócios.

O escopo de busca é por aquelas que proponham desafios nos temas: pagamentos, algoritmos, segurança, engajamento de clientes, gerenciamento financeiro, plataformas de investimentos, crowdfunding, customização massificada, IoT, blockchain e inteligência artificial.

Neste ano, o Bradesco também reforçou seus planos de aproximação de startups com o lançamento do o inovaBra Ventures, fundo de investimentos baseado em corporate venture, com R$ 100 milhões de capital proprietário. Interessados têm até o dia 4 de dezembro para se inscreverem pelo site.

Para te ajudar a entender as fintechs, o StartSe traz três iniciativas para explicá-los como funciona melhor o setor e entenderem o valor de programas como esse do Bradesco: o primeiro é um hangout com Marcelo Maisonnave, fundador da XP Investimentos e grande investidor em fintechs; a segunda é um hangout com Caio Poli, Head de Costumer Experience do Nubank, a principal startup do setor no Brasil; e a última e melhor iniciativa é o Fintech Class (clique aqui para conhecer) – que reúne nomes como os próprios Nubank e Marcelo Maisonnave, além de outros como Banco Original, Banco Neon e GuiaBolso em um megaevento.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]