Bolha? Unicórnios estão sendo vendidos com 30% de desconto

Embora a palavra “bolha” apareça nas mentes, é bom lembrar que alguns fatores reais impulsionaram a alta das startups nos últimos meses

Avatar

Por Lucas Bicudo

22 de fevereiro de 2016 às 13:16 - Atualizado há 4 anos

Ao falar do mundo de startups, fica claro que existe um “superaquecimento”. A quantidade de unicórnios cresceu fortemente e hoje já temos mais de 100 startups com valor de mercado superior a US$ 1 bilhão. Parece que o mercado está sendo inflado de maneira irracional.

Embora a palavra “bolha” apareça nas mentes, é bom lembrar que alguns fatores impulsionaram a alta das startups nos últimos meses: a busca de um retorno financeiro elevado por parte dos investidores, em um ambiente de taxas de juros baixos nos países desenvolvidos, e as profundas transformações que a tecnologia provocou nas nossas vidas – abrindo espaço para novos grandes negócios.

Um sinal de toda a irracionalidade é a corrida para investir em algumas das startups mais promissoras do mercado. Só que hoje o jogo virou: investidores já estão atrás de outros investidores para desfazerem de suas posições em alguns unicórnios que, talvez, não fossem investimentos tão bons assim, mostra o TechCrunch.

Antes, investidores secundários brigavam entre si pela oportunidade de poder investir em uma empresa, comprando ações de outros investidores que as compraram diretamente da startup. Atualmente, há mais ofertas de ações destas empresas do que investidores secundários dispostos a comprar tais ações.

A primeira dinâmica impulsionava os preços. A segunda, os derruba. E é exatamente o que tem acontecido: depois de histórias de fracasso de alguns grandes nomes, como Theranos e Zenefits, os investidores secundários tem recebido ofertas dos primários que envolvem até 30% de desconto em relação ao valuation anterior.

Mas isso não quer dizer que acabou o mundo das startups: os investidores secundários estão tomando posições, embora o preço esteja caindo. Os melhores nomes ainda são capazes de manter o status de unicórnio, enquanto os outros estão em grande pressão.