BNDES lanca crédito para investimento em inovação

Avatar

Por Diego Lazzaris Borges

4 de Maio de 2015 às 17:35 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou, na tarde desta segunda-feira, 4, o lançamento do BNDES Soluções Tecnológicas, linha de financiamento cuja estrutura operacional será análoga ao Finame – crédito voltado à aquisição de máquinas e equipamentos -. A nova linha do banco é focada na aquisição de soluções para melhorar e inovar produtos e processos em empresas de qualquer porte, atividade ou região do País.

Segundo o BNDES, a taxa de juros será definida conforme o porte da empresa. No caso de micro, pequenas e médias, o custo será formado pela Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), hoje em 6%, mais 1,5%, além de 0,1% de intermediação financeira. A participação máxima da instituição será de 70% dos itens financiáveis.

Precisa de ajuda para sua startup? Cadastre-se no StartSe e fale com investidores e mentores. Acesse www.startse.com.br. É gratuito.

Para empresas médias-grandes e grandes, o custo será a TJLP acrescida de 1,2%, mais 0,5% de intermediação financeira. Neste grupo, a parcela máxima do BNDES no financiamento será de 50%.

Em ambos os casos, o prazo total máximo será de 60 meses, com previsão de 24 meses de carência. A iniciativa está na fase de credenciamento de fornecedores.

“Com o novo produto, o banco pretende aumentar a taxa de inovação das empresas brasileiras, estimular o mercado nacional de desenvolvimento de tecnologias, aumentar a competitividade das empresas brasileiras demandantes de tecnologia, principalmente as MPMEs, e alinhar as práticas dos fornecedores de soluções tecnológicas às necessidades estratégicas do mercado”, informou a instituição de fomento em nota.

Além do financiamento ao serviço de aplicação ou customização da tecnologia, poderão ser financiados itens como testes, ensaios, certificações, modificações de layout para melhoria do processo organizacional, treinamentos para o usuário final da tecnologia, dentre outros.

O financiamento terá como foco a comercialização de tecnologias que já se encontrem disponíveis para aplicação. O BNDES esclarece que a pesquisa e o desenvolvimento de novas tecnologias já contam com outros instrumentos de apoio do banco. “O produto preenche uma lacuna na gama de instrumentos financeiros disponibilizados pelo BNDES para investimentos em inovação”, segundo o banco.