BASF e ACE anunciam inscrições para segunda turma do AgroStart

Avatar

Por Lucas Bicudo

24 de novembro de 2016 às 17:31 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A BASF, empresa química líder em inovação, e a ACE, eleita por 3 vezes consecutivas a Melhor Aceleradora de Startups da América Latina, anunciam hoje (24) o início das inscrições para a segunda turma do AgroStart.

O programa contempla todo o processo necessário para que uma startup possa validar e escalar o seu negócio no mercado agrícola em um prazo de até dez meses. Os projetos deverão oferecer soluções em pelo menos um dos cinco desafios: gestão da lavoura, automação no campo, gestão de estoques, agricultura de precisão e rastreabilidade.

“Para a BASF é um diferencial ter dentro de casa empreendedores com foco na oferta de soluções inovadoras que contribuam para uma produção mais sustentável de toda a cadeia agrícola. As inscrições recebidas de diversos países da América Latina comprovam como a cocriação e a inovação aberta podem contribuir com os desafios do setor. O AgroStart procura por soluções que auxiliem a gestão da lavoura através da utilização de plataformas como Big Data, Internet das Coisas (IOT) e mobilidade”, ressalta Fábio Del Cistia, vice-presidente de Marketing da Unidade de Proteção de Cultivos da BASF para a América Latina.

Na primeira edição, o programa recebeu em menos de um mês 66 inscrições vindas do Brasil, Chile, Argentina, Peru, Costa Rica e Colômbia. As startups selecionadas estão desde setembro contando com toda a expertise da BASF e ACE para que os seus projetos sejam desenvolvidos e possam entrar no mercado de maneira sustentável.

“O programa AgroStart existe para oferecer inovação digital à cadeia agrícola. Nossa expectativa é que a BASF e ACE sejam alavancadoras no crescimento das empresas. No final da aceleração, acreditamos que elas tenham o know-how necessário para se consolidarem no mercado”, destaca Pedro Waengertner, CEO e sócio-fundador da ACE.

Entre os benefícios da iniciativa: investimento de até R$ 150 mil para cada startup selecionada; trabalho em conjunto com a ACE; metodologia de aceleração como treinamento, desenvolvimento de negócios e equipe, profissionalização da gestão, validação e crescimento; coaching e mentoria com empreendedores e mentores reconhecidos no agronegócio e no desenvolvimento de startups; consultoria e ferramentas para inovação e crescimento em marketing, vendas, planejamento, business, gestão, operação, usabilidade e investimento; e acesso exclusivo a investidores nacionais e internacionais – o empreendedor contará com a experiência, estrutura e base de clientes da BASF.

Ao final do programa, a BASF avaliará oportunidades de investimento por meio de seu fundo próprio, BASF Venture Capital. Também pode estabelecer parcerias para busca de funding, compra ou distribuição dos seus produtos e serviços.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]