Bancos estão mais abertos à colaboração com startups financeiras

Confira a entrevista com Aditya Khurjekar, co-fundador de um dos principais portais globais sobre fintech sobre sua visão do ecossistema

Avatar

Por Mariana Rodrigues

25 de agosto de 2017 às 17:35 - Atualizado há 2 anos

Nos últimos anos, as grandes instituições financeiras estão mais abertas à mudar e colaborar com jovens startups, de acordo com Aditya Khurjekar, co-fundador e diretor geral da Let’s Talk Payments, plataforma que concentra informações sobre fintechs globais. Abaixo, você acompanha uma conversa que tive com Aditya sobre o ecossistema de fintechs e seus planos para a LTP.

 

Como começou o seu envolvimento no ecossistema de fintech?

Aditya Khurjekar: Eu me envolvi em fintech um pouco por acidente! De fato, em 2008, quando eu estava procurando expandir o roteiro estratégico da Verizon, os serviços financeiros – mais especificamente os pagamentos móveis – eram uma indústria natural adjacente para que a indústria móvel agregasse valor. Acabamos construindo a primeira e única joint venture entre as maiores operadoras móveis dos EUA, que eventualmente se tornaram o que hoje conhecemos como Apple Pay, Android Pay ou Samsung Pay. Em 2012, eu fui fundador da Money 20/20, que agora é a maior conferência da indústria. Então, tive a sorte de trabalhar em algumas plataformas fundacionais em 2008 e 2012 para uma nova indústria que agora chamamos de fintech.

 

Pode contar quais as maiores mudanças que notou no ecossistema nesses quatro anos da LTP?

AK: Parcerias e abertura. Em todo o mundo, vemos jovens startups e grandes instituições financeiras mudar seu pensamento de “interrupção” para “colaboração”. Vejo um uso mais significativo de plataformas abertas e capacitadores de tecnologia na criação de novos produtos e serviços.

Há muito mais evidências de inovação liderada pela tecnologia em pagamentos e serviços financeiros, não apenas na inovação do modelo de negócios. Eu também vejo uma maior colaboração cruzada entre as várias indústrias que reunimos com o Money 20 / 20 em 2012 e continuamos a aproximar com a LTP e MEDICI.

É muito encorajador ver os maiores bancos se comprometerem com inovação aberta / externa. Existe uma apreciação muito melhor de como as várias partes interessadas, grandes e pequenas, que atravessam os limites da indústria, podem trabalhar em conjunto para melhores experiências de serviços financeiros.

 

A LTP hoje é como planejaram no início ou mudou ao longo do tempo?

AK: Mudou sim! Nós estamos calibrando e evoluindo continuamente desde 2013 para que esta nova indústria tenha à sua disposição uma rede de mercado abrangente para a melhor inovação colaborativa. É isso que nossas plataformas fornecem aos vários interessados em fintech. Começamos com a LTP – uma plataforma de conteúdo que ofereceu insights baseados em pesquisas.

Em seguida, adicionamos uma plataforma de descoberta e engajamento – a MEDICI – na qual todos os players de fintech compartilham e contribuem para o conhecimento do ecossistema.

Recentemente, adicionamos educação e consultoria sobre fintech para servir um conjunto mais amplo de envolvidos no ecossistema. Estamos constantemente mudando e crescendo com a indústria em expansão que servimos.

 

Quais os planos para os próximos anos da LTP?

AK:Estamos juntando LTP e MEDICI em uma experiência perfeita. Eles já estão conectados sob o mesmo guarda-chuva, mas queremos que nossos mais de 100 mil assinantes maximizem o benefício de ambas as bases de conhecimento ainda mais intuitivamente.

Também estamos entrando em algumas parcerias emocionantes com líderes de pensamento, organizações inovadoras e players selecionados da indústria para atender a crescente complexidade e diversidade de nosso ecossistema. Fique atento para mais nas próximas semanas.

 

Saiba como fazer parte desse ecossistema

Para fazer parte do ecossistema global de fintechs, você pode cadastrar sua startup na MEDICI e na StartSe Base.

A MEDICI é uma base de dados que conta hoje com 7.000 empresas de todo o mundo. Ela pertence à Let’s Talk Payments (LTP), empresa global de conteúdo e pesquisas sobre fintechs.

A StartSe Base é a maior base de dados de startups do Brasil, com mais de 5.000 empresas cadastradas.

Sobre a Let’s Talk Payments (LTP)

LTP é a principal plataforma de conteúdo e pesquisas sobre fintechs no mundo. Mais de 400 instituições financeiras e 90 programas de inovação recorrem à LTP para obter informações sobre as empresas que estão disruptindo o setor financeiro.

Mariana Rodrigues é colaboradora regular da LTP, focada no mercado de fintechs do Brasil. Ela é COO da SGC Conteúdo. Para acompanhar o conteúdo produzido pela LTP no Brasil e no mundo, cadastre-se na newsletter.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.