Artemísia seleciona startups de impacto social para processo de aceleração

Startups selecionadas oferecem soluções escaláveis para problemas sociais da população de menor renda

Avatar

Por Lucas Bicudo

11 de novembro de 2016 às 15:34 - Atualizado há 3 anos

Em 2016, a Artemisia selecionou negócios que oferecem soluções escaláveis para problemas sociais da população de menor renda. Na área da Educação, os negócios selecionados foram Erê Lab, MeuTutor, Concretta e Imaginie. Em Saúde, Sangue Bom, Dr. Agora, Nutrisoft, Cycor e Epitrack. Em Serviços Financeiros, Jeitto e Tá Pago. E, em Infraestrutura/Conectividade, WayFi. Nos próximos seis meses, os empreendedores participarão de um intenso processo de aceleração para o refinamento do modelo de negócio e impacto social de suas soluções.

“Formamos um grupo consistente, com abrangência nacional, negócios inovadores e bem estruturados. São empreendedores de impacto social engajados e com genuíno interesse em gerar impacto positivo nos respectivos setores de atuação”, afirma Renan Costa Rego, gerente de Aceleração da Artemisia.

Nos últimos cinco anos, 79 negócios foram acelerados pela organização; desses, 52% receberam investimentos que, no total, somam mais de R$ 52 milhões. Esses negócios impactaram a vida de mais de 25 milhões de pessoas; 92% dos negócios que passaram pela aceleradora permanecem ativos.

“Sabemos que é essencial muita dedicação e resiliência para enfrentar os desafios iniciais, fazer o negócio crescer e gerar alto impacto. Por isso, trabalhamos no amadurecimento dos negócios para que ultrapassem as barreiras iniciais e alcancem resultados econômicos e sociais em larga escala. Alinhado a isso, realizamos conexões com os principais players de investimento de impacto do Brasil e apoiamos em sua preparação para receber investimento”, continua.

Confira as startups selecionadas:

ERÊ LAB (São Paulo, SP) – Educação/Primeira infância

Negócio que desenvolve mobiliários urbanos que potencializam o desenvolvimento cognitivo e psicomotor de crianças na primeira infância, fase que influencia o raciocínio, habilidades e comportamentos futuros. O Erê Lab foi fundado em 2014 e cria, produz e instala objetos de pequeno, médio e grande portes em praças, parques e espaços ociosos das cidades, para fortalecer o senso de cidadania, o respeito ao espaço público e estimular as interações entre pais e filhos nesses ambientes. Desde 2015, a empresa desenvolveu 55 projetos públicos e particulares.

MEUTUTOR (Maceió, AL) – Educação

Fundado em 2012, o MeuTutor combina tecnologias de aprendizagem personalizada e contínua, gamificação, gestão de aprendizagem colaborativa com algoritmos proprietários – que fazem uso de inteligência artificial e modelos probabilísticos. A empresa oferece cursos para o Fundamental II, Ensino Médio e Projetos Especiais. O mercado potencial do negócio chega a 20,7 milhões de alunos da escola pública matriculados do Ensino Fundamental II – que movimenta R$ 20,6 bilhões anualmente; 46% do valor movimentado pelo setor no país – e 13,2 milhões de estudantes no Ensino Médio.

CONCRETTA (Brasília, DF) – Educação/Empregabilidade

Rede de franquias com 31 escolas profissionalizantes no setor da construção civil. A Concretta oferece uma combinação teórica e prática para desempregados das classes C e D, focando no desenvolvimento de competências de atendimento ao cliente, postura profissional e empreendedorismo. Em média, 40% dos alunos são inseridos no mercado de trabalho, imediatamente após a conclusão do curso. A empresa possui adaptação dos formatos de cursos e formas de pagamento adequadas à população de baixa renda. O negócio já capacitou, nos últimos três anos, mais de 21 mil pessoas. Em 2015, a empresa conquistou o selo de excelência da Associação Brasileira de Franquias e possui mais de 85% de aprovação dos franqueados.

IMAGINIE (Belo Horizonte, MG) – Educação

A Imaginie oferece a maior plataforma de crowdsourcing inteligente e acessível para correção escalável de redação de alunos do ensino fundamental e médio. Para isso, conecta na plataforma, professores – em sua maioria recém-formados ou aposentados – e escolas com demanda por correções. A solução conta com histórico de feedbacks comentados por competências baseadas no ENEM/IDEB e relatórios de desempenho para apoiar a intervenção do professor na sala de aula. Após escrever 10 redações há uma melhora significativa de, pelo menos, 20% no desempenho do estudante. A ferramenta já é utilizada em escolas privadas e a empresa busca, agora, levar a solução para a rede pública. Hoje, a Imaginie conta com mais de 30 mil usuários cadastrados, sendo 7.248 ativos, 136 escolas contratantes de simulados e mais de dois mil professores corretores de redações.

SANGUE BOM (Rio de Janeiro, RJ) – Saúde, clínica popular

Fundada em 2015, a clínica Sangue Bom oferece exames de sangue a um preço acessível para a população de baixa renda que não possui planos de saúde. Ao potencializar o acesso a diagnóstico rápido e precoce de doenças, a empresa impacta diretamente na saúde pública. Com cinco clínicas próprias, sendo duas no Rio de Janeiro e três na Bahia, os exames são realizados rapidamente e o diagnóstico entregue em até três horas, sendo processado no mesmo local da coleta.

DR, AGORA (São Paulo, SP) – Saúde, clínica popular

Com uma rede de cinco clínicas em áreas de grande circulação, como estações de metrô e trem, na cidade de São Paulo, o Dr. Agora foi fundado em 2015 e trata-se da primeira clínica expressa do Brasil. O negócio oferece consultas médicas de baixa complexidade, vacinas e exames rápidos (glicemia, triglicérides e colesterol, a preços acessíveis e sem a necessidade de agendamento. O custo do pacote básico – incluindo consulta, aplicação de medicação e retorno – é de R$ 89; o tíquete médio da vacinação varia de R$ 70 a R$ 185, valores que podem ser parcelados.

NUTRISOFT (São Paulo, SP) – Saúde/Nutrição

Fundada em 2013, a Nutrisoft oferece uma plataforma que potencializa o acesso da população de baixa renda a conteúdos e direcionamentos sobre alimentação saudável, mudança de hábitos e prevenção de doenças crônicas. A solução disponibiliza ferramentas de registro alimentar e controle de hábitos que, com a colaboração de nutricionistas, orientam o usuário a ser mais saudável baseado em suas preferências. O serviço é destinado às classes C e D, que normalmente não têm acesso a nutricionistas na rede pública. O negócio tem um grande potencial. No Brasil, 51% da população está acima do peso, sendo que 17% apresentam obesidade e 31,5% consomem carnes gordurosas regularmente. O tratamento de doenças relacionadas à obesidade e ao sobrepeso custa R$ 3,57 bilhões aos cofres públicos – sobretudo as cardiovasculares, que são a maior causa de mortalidade do país. A empresa possui mais de 250 mil usuários ativos; mais de 600 nutricionistas já utilizam a plataforma.

CYCOR (Pinhais, Paraná) – Saúde

Fundada em 2010, a Cycor desenvolve e distribui tecnologias nacionais de reabilitação – como próteses de membros, exoesqueleto e kit de motorização de cadeira de rodas. Com o objetivo de popularizar esse tipo de tecnologia, o negócio desenvolve equipamentos com custo mais baixo do que os existentes no mercado.  No SUS, cerca de 50 mil amputações são realizadas por ano, sendo que 80% dessas são de membros inferiores de pacientes com doença vascular periférica ou diabetes. A segunda maior causa das amputações são traumas causados por acidentes de trânsito e armas de fogo. As tecnologias usadas até então são importadas e fora do alcance da população de baixa renda.

EPITRACK (Recife, PE) – Saúde

Fundada em 2014, a Epitrak combate surtos de doenças infecciosas e epidemias – como H1N1, Dengue, Zyka Vírus e Chikungunya – unindo tecnologia e saúde pública. O negócio oferece plataformas web e mobile, que utilizam a colaboração de pessoas para a construção de mapas demonstrando a localização das doenças – o que potencializa a identificação de ameaças e o controle por parte dos órgãos responsáveis com semanas de antecedência. A população participa ativamente da prevenção de doenças ao informar sintomas, acompanhar a saúde da região e da família, além de obter dicas relevantes sobre histórico de saúde, cuidados, vacinas, localização de hospitais e farmácias.

WAYFI (Rio de Janeiro, RJ) – Infraestrutura/Conectividade

Em um país no qual 35% da população da baixa renda não possui acesso à internet, a Wayfi apresenta uma solução para o acesso gratuito em comunidades. Fundada em 2015, a empresa produz, instala e realiza a manutenção de roteadores de internet, disponibilizando a rede ociosa de servidores empresariais. Na prática, oferece namerights (propriedade do nome que intitula o portal) para grandes empresas e espaços para anúncios publicitários para negócios locais. A Wayfi cria um portal aberto automaticamente quando um dispositivo se conecta à rede – que permite a comunicação direta das empresas com a população local, em um sistema no qual a comunidade pode gerar e consumir conteúdo.

JEITTO (São Paulo, SP) – Serviços financeiros

A Jeitto provê limites de crédito de pequenos valores (até R$ 150), para pessoas de baixa renda aumentarem o poder de compra e terem maior controle de endividamento. De forma conveniente e fácil, tudo é feito através de um aplicativo. A startup pratica custos acessíveis que tem por foco, sobretudo, os 60 milhões de brasileiros não bancarizados. Na prática, a solução oferece fôlego financeiro complementar para os pagamentos que ultrapassam o orçamento em determinado mês. A empresa paga a conta e o cliente paga uma tarifa de transação.

TÁ PAGO (Marília, SP) – Serviços Financeiros

Fundada em 2013, a Tá Pago oferece um sistema de pagamento por celular. Por meio de uma conta virtual pré-paga, o usuário faz recargas e efetua pagamentos nos estabelecimentos da rede conveniada, utilizando apenas seu celular (informando o código de segurança recebido via SMS ou gerado no aplicativo offline). Considerada a única solução mobile pré-paga, o serviço da instituição é gratuito para usuários.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]