Apple terá que pagar US$ 625,6 milhões por infringir patentes

Julgamento envolvendo a maçã e a VirnetX foi revisado nesta quarta-feira

Avatar

Por Paula Zogbi

5 de fevereiro de 2016 às 10:53 - Atualizado há 4 anos

Os serviços FaceTime, iMessage e VPN da Apple foram novamente condenados por infringir regras de propriedade intelectual da VirtnetX de protocolos de comunicação. A informação é do site Apple Insider.

Depois de vencer, em 2012, uma ação para receber US$368 milhões, a VirnetX apelou em setembro pedindo um aumento deste valor, o que foi aceito nesta quarta-feira por unanimidade por uma corte no Texas.

Agora, por continuar praticando a infração, a Apple deverá pagar US$625,6 milhões pelo mesmo processo – o VPN foi encontrado da versão 3 à versão 6 do iOS, sistema operacional móvel da Apple.

A VirnetX é uma holding derivada de tecnologias militares no passado, e que detém mais de 80 patentes de segurança eletrônica ao redor do mundo.