Apple pode lançar smartphone que se conserta enquanto o usuário dorme

Avatar

Por Paula Zogbi

7 de janeiro de 2016 às 12:10 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Um pedido de patente escrito pela Apple em 2014, mas divulgado agora, pode mudar a forma como limpamos nossos celulares.

A ideia é que o iPhone perceba quando o usuário não está usando o aparelho e passe a funcionar de maneiras diferentes, podendo limpar arquivos e resolver problemas automaticamente sem prejudicar o desempenho de uso.

Por exemplo, uma das situações vistas na patente, que pode ser lida neste link, é quando o celular está prejudicado por algum líquido que tenha caído sobre ele. A ideia é simples, mas geniosa: quando o usuário estiver em um lugar com som alto, como um show, o celular poderia “perceber” isso e automaticamente emitir um som que limparia o autofalante molhado.

No caso do usuário dormindo, o iPhone poderia, por exemplo, detectar falhas nos pixels da tela e mudar a iluminação para corrigi-los; ou testar diferentes ferramentas, como a câmera, para garantir que está funcionando corretamente.

Algumas dessas ações já são possíveis atualmente, mas permitir que o aparelho faça isso sem precisar do usuário seria um passo e tanto.

É importante lembrar, entretanto, que nem todas as patentes registradas são de fato colocadas em prática – e nada garante que estas tecnologias já estejam disponíveis na próxima leva de aparelhos da Apple, que deve ser lançado neste ano.