Apple adquire startup Metaio, que trabalha com realidade aumentada

Avatar

Por Júnior Borneli

29 de maio de 2015 às 13:34 - Atualizado há 6 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Apple adquiriu a Metaio, uma startup de realidade aumentada. Um comunicado no site da empresa dizia que ela parou de aceitar novos clientes e agora documentos mostram que ela foi comprada pela Apple no dia 22 de maio.

Quando perguntado pela reportagem do site americano TechCrunch, a Apple respondeu com sua resposta padrão que dá sempre que confirma a aquisição de alguma companhia: “A Apple compra empresas de tecnologia menores de tempos em tempos, e nós geralmente não discutimos nosso propósito ou planos futuros.”

Cadastre sua startup no StartSe e fale com investidores, mentores e aceleradoras. Acesse www.startse.com.br. É gratuito e mais de 6 mil pessoas já fizeram isso!

A Metaio mostrou sinais de que algo estava acontecendo quando cancelou sua conferência de usuários em San Francisco no início deste mês e mais tarde tirou suas contas do Twitter do ar. Ele também postou em seu site, há alguns dias, que estava encerrando as vendas de produtos e assinaturas.

A startup não havia seguido, até então, o caminho tradicional de conquistar investimentos a partir de empresas de venture capital do Vale do Silício, mas tinha levantado algum dinheiro de parceiros como Atlantic Bridge e Westcott.

A empresa está bem estabelecida e muitos projetos impressionantes foram produzidos através de suas ferramentas, incluindo campanhas para grandes empresas, como a Ferrari, que pode ser vista nesse vídeo.