Após WhatsApp, Justiça brasileira pode bloquear outro aplicativo: Pokémon GO

Avatar

Por Lucas Bicudo

16 de agosto de 2016 às 13:21 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Você já deve estar acostumado a mês sim, mês não, ouvir o bloqueio de algum tipo de aplicativo por parte da justiça brasileira. Primeiro foi o WhatsApp, depois seu proprietário Facebook… Agora é a vez do Pokémon GO, a nova febre entre os donos dos smartphones.

A informação vem da Paraíba, onde o PROCON do município de Cabedelo, cidade da Grande João Pessoa, estuda entrar com um pedido de proibição para que o aplicativo deixe de funcionar aqui no Brasil. O motivo? A preocupação com o potencial risco que o game proporciona aos jogadores.

Em entrevista para o Jornal da Paraíba, o secretário adjunto do órgão, Tárcio Nóbrega, declarou que “estamos preocupados com os efeitos negativos do jogo. Vêm acontecendo mortes, assaltos, acidentes, então queremos estudar isso para conscientizar as pessoas. Ainda não temos uma ação concreta definida. O Procon se preocupa com a segurança, saúde e proteção do consumidor.”

Eita. Mortes? Assaltos? Acidentes? Parece até engraçado imaginar que um jogo de capturar Pokémons possa causar tanto tumulto na justiça brasileira.

Embora a possibilidade de bloqueio de Pokémon GO nos lembre o que tem acontecido com o WhatsApp nos últimos meses, parece que a situação é mais crítica do que imaginávamos. Afinal, pelo que o secretário do PROCON da Paraíba parece ter dito, a ocorrência de assaltos e outros crimes é uma responsabilidade do game da Niantic, e não do estado e suas obrigações com a segurança da população.

Ô Brasil…

(via Tecmundo)

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]
E não é só isso! Você tem alguma sugestão de pauta? Quer conversar sobre sua startup? Assessora alguma empresa? Tem alguma dica que pode ajudar outros leitores? Quer ter a SUA matéria publicada no site?
O StartSe quer ouvir de VOCÊ, nosso leitor, o que precisamos fazer para melhorar cada vez mais o site! Deixamos o form abaixo para você, mas se quiser, basta mandar um e-mail para redacao@startse.com.br!
 [contact_bank form_id=3]
[php snippet=9]
E por último, não esqueçam de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook! Lá poderemos debater tecnologia, inovação, startups, empreendedorismo e criar um ambiente saudável de troca de opiniões e networking!