Amazon ataca e lança plataforma concorrente do YouTube

Avatar

Por Lucas Bicudo

10 de Maio de 2016 às 15:01 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Amazon está lançando o Amazon Video Direct, sua própria plataforma de serviços de streaming de vídeos.

Em uma jogada contra o domínio do YouTube, o programa permitirá que criadores de conteúdo ganhem dinheiro através de royalties e propagandas baseadas na duração do vídeo carregado. Embora a Amazon tenha dito ao Bloomberg que a plataforma seria destinada para profissionais, os únicos requisitos que são necessários é que o vídeo esteja em HD e esteja incluso o closed caption.

O processo será parecido com o adotado pelo Kindle Direct Publishing, que permite que autores publiquem seus e-books diretamente para a Amazon. Os criadores de vídeo serão capazes de escolher como seu conteúdo será visualizado pelos usuários, de uma maneira que todos sejam capazes de rodá-los via streaming, download, aluguel ou compra.

Um outro jeito com que a Amazon permitirá que criadores sejam capazes de monetizar seus vídeos é com o programa AVD Starts, que dará “uma parcela de um fundo de um milhão de dólares mensais baseado no engajamento dos usuários com seus títulos”.

O processo será mais ou menos assim: a Amazon irá distribuir bônus mensais, tirados desse fundo de um milhão de dólares, aos criadores que estiverem entre os Top 100 AVD titles no Prime Video.

Esses produtores de conteúdo irão ter acesso a analíticas como o número que aquele determinado título foi rodado, a projeção de receita, histórico de pagamento e número de inscritos.

A Amazon já conta com parceiros de peso que estão fazendo lobby pela plataforma, como Conde Nast Entertainment, HowStuffWorks, Samuel Goldwyn Films, The Guardian, Mashable, Mattel, StyleHaul, Kin Community, Jash, Business Insider, Machinima, TYT Network, Baby Einstein, CJ Entertainment America, Xive TV, Synergetic Distribution, Kino Nation, Journeyman Pictures, and Pro Guitar Lessons.

(via Business Insider)
Mensagem do Editor

Ei, tudo bom?

Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.

E te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]