Alibaba quer comprar o YouTube chinês por US$5,2 bilhões

Segundo Jack Ma, vídeos são tão importantes quanto produtos no comércio eletrônico

Avatar

Por Paula Zogbi

16 de outubro de 2015 às 14:49 - Atualizado há 4 anos

Jack Ma

SÃO PAULO – A Alibaba Group Holding Ltd, gigante de comércio eletrônico liderada por Jack Ma, ofereceu us$5,2 bilhões pela compra de todas as ações do Yoku Tudou Inc que ainda não estão em suas mãos. A companhia chinesa de streaming de vídeo oferece um serviço muito semelhante ao do YouTube.

A companhia de Ma já possui 18,3% das ações do serviço de streaming de vídeo, desde maio de 2014, como tentativa de inserção no mercado de vídeos online, de acordo com o Business Insider. A intenção é fechar o capital da companhia.

Segundo a Alibaba, a oferta de pagamento em dinheiro de US$26,60 por ação representa um prêmio de 30,2% sobre o preço no fechamento de quinta-feira. Hoje a ação subiu 23% para US$25,05.

No comunicado enviado à imprensa, o diretor executivo da Alibaba Daniel Zhang disse que “produtos digitais, especialmente vídeo, são tão importantes quanto bens físicos no comércio eletrônico”.

Viktor Koo, fundador, presidente e diretor executivo do Yoku Tudou, concordou em apoiar a oferta, de acordo com comunicado lançado pela companhia. Foi formado um comitê especial sobre o assunto com diretores independentes.