AgroTech que utiliza inteligência artificial em fazendas recebe US$ 15 milhões

Junior Borneli

Por Junior Borneli

16 de abril de 2018 às 16:43 - Atualizado há 3 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A startup Prospera, com sede em Israel, recebeu há poucos dias uma nova rodada de investimentos, no valor de US$ 15 milhões.

A empresa utiliza visão computacional e inteligência artificial para ajudar agricultores a analisar os dados coletos no campo.

Novas tecnologias estão sendo desenvolvidas para melhorar a eficiência da produção agrícola. Muitas delas estarão presentes no Agrotech Conference 2018, a maior conferência de inovações para o agronegócio já feita no Brasil.

O produto desenvolvido pela Prospera já está operando em fazendas na Europa, México e Estados Unidos, incluindo propriedades que atendem a grandes empresas como Walmart e Tesco.

Sua tecnologia também é capaz de detectar automaticamente pragas e doenças em diversos tipos de cultura.

Para conhecer um pouco mais sobre essas tecnologias, acesse o site do Agrotech Conference e veja o programa completo. O encontro acontece em São Paulo, dia 05 de Junho.