Agricultura de Insetos: startup de agronegócio recebe US$ 50 milhões

Junior Borneli

Por Junior Borneli

26 de agosto de 2017 às 10:17 - Atualizado há 4 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Protix, startup de agronegócio com base na Holanda, arrecadou US$ 50,5 milhões em investimentos para expandir seus negócios de agricultura de insetos.

Este é o maior investimento na indústria de criação de insetos da história, de acordo com a Protix e seus investidores.

Novas tecnologias têm surgido todos os dias no agronegócio. Participe da maior conferência sobre agrotechs já feita no Brasil e conheça as empresas mais inovadoras desse setor.

A Protix trabalha na criação de insetos que, a princípio, são utilizados para produção de ração animal rica em proteína. A empresa exporta para 12 países e atende desde a criação de porcos e aves até animais de estimação.

Os insetos estão se tornando cada vez mais uma fonte viável de produção de proteína, uma vez que têm alto valor nutricional e causam menos impacto ambiental do que a criação de gado, por exemplo.

Para saber mais sobre o Agro Tech Conference, acesse o site do programa. Garanta já a sua inscrição.