Acessório transforma celular em um óculos de Realidade Virtual e cabe no bolso

Avatar

Por Paula Zogbi

7 de março de 2016 às 15:45 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Dodocase, empresa que fabricava capinhas para iPads, acaba de lançar um óculos de Realidade Virtual que, com as mesmas funções, promete durar muito mais do que o Google Cardboard – os óculos feitos de papelão do Google, que podem ser usados por qualquer pessoa que tenha um smartphone.

A partir desta segunda-feira, os consumidores fazer uma pré-solicitação do gadget, que custa US$ 28 no Indiegogo. A informação é do Business Insider.

Todos os apps do Google Cardboard, como o Street View, funcionarão com o Dodocase Smart VR, que pegou carona no sucesso do gadget de papelão que pode ser adquirido gratuitamente para se lançar como uma opção mais “séria”, feita de plástico e metal.

Com a possibilidade de acoplar gadgets com Android ou iOS, os óculos não são uma experiência tão diferente do Cardboard: trata-se de uma forma barata e fácil para qualquer um poder experimentar uma experiência de imersão em vídeo – semelhante também a produtos de outras companhias, como a Mattel, com o View-Master VR, vendido nas lojas da Apple, e o próprio Google, que lançou o Goggle Tech C1-Glass, outra versão mais durável do Cardboard.