A tapioca e a análise da concorrência

Avatar

Por André Macedo

26 de agosto de 2015 às 11:04 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Olá, amigos!

Independentemente do tipo de negócio, analisar a concorrência é fundamental para o sucesso. Sem saber o que seus concorrentes estão fazendo, não há como planejar adequadamente seu produto e satisfazer seus clientes. Um caso que aconteceu comigo há uns anos mostra bem essa situação.

Quando a minha empresa ZeroPaper ficava em Brasília, havia uma senhora que passava em nosso escritório para vender tapiocas. No início, todos do escritório compravam uma vez ou outra. Mas, depois de algum tempo, ela não conseguia mais vender, apesar de ter um bom preço.

O motivo era simples: a tapioca era ruim.

Em vez da tapioca da senhorinha, a equipe do escritório preferia ir até a padaria da esquina e pagar mais caro por outra tapioca, de qualidade bem melhor.

Certo dia, vendo a dificuldade da senhora em vender a tapioca para o pessoal do escritório, conversei com ela. Educadamente, falei que a tapioca dela não era boa, por isso não vendia.

Falei para ela: “Vá até a padaria da esquina, compre a tapioca e coma. Compre outras e veja como são feitas. Faça de uma forma parecida e volte aqui. Sua tapioca vai vender, mesmo que cobre um pouco mais caro”. Ela agradeceu o conselho, disse que seguiria a dica e foi embora.

Alguns dias depois, a senhorinha voltou. Eu comprei uma tapioca e comi, e era tão ruim quanto as de antes. Eu perguntei se ela tinha seguido o conselho. Ela disse que sim, mas apenas em parte. Ela disse que foi à padaria, olhou a tapioca no balcão e concluiu que era igual à dela.

Educadamente, pedi meu dinheiro de volta e disse a ela que não compraria aquela tapioca. Ela havia falhado em um ponto fundamental de seu negócio: sua análise de concorrência foi muito superficial.

Fica a lição: é bom ter confiança em seu produto. Mas também é importante ter humildade para reconhecer valor na concorrência e, a partir da análise, melhorar seu produto e fazer seu negócio crescer.

Além disso, no planejamento do negócio, é importante contar com uma boa ferramenta para gestão financeira da empresa, para que o gestor tenha uma visão detalhada do estágio de seu negócio.

Até a próxima e um abraço!