A startup desse homem resolve um problema tão grande que todo mundo que viu quis investir

Avatar

Por Júnior Borneli

23 de junho de 2015 às 16:14 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Dave Mariani, ex-funcionário do Yahoo, criou uma startup chamada AtScale. A empresa, que esteve “escondida” por alguns meses, anunciou a captação de US$ 7 milhões de dólares, conforme notícia publicada pelo site americano Business Insider.

Isso não é muito dinheiro para os padrões atuais do Vale do Silício, mas o que chama a atenção são as pessoas que apoiaram a empresa, bem como a história de como eles chegaram até ela. Os investidores da AtScale incluem:

Jerry Yang, co-fundador do Yahoo, que agora é um investidor que adora financiar startups dos seus ex-funcionários.

Amr Awadallah, co-fundador da startup Cloudera, que já levantou US$ 1,2 bilhão de dólares em oito rodadas desde que foi fundada em 2008.

Michael Franklin, um diretor da UC Berkley AmpLab, que inventou a tecnologia chamada Spark, vinculada a startup Databricks . Franklin é conselheiro e investidor da AtScale.

Mariani, fundador da AtScale, apresentou o seu projeto para esses investidores sem a pretensão de captar dinheiro, no primeiro momento. Por exemplo, ele se aproximou Awadallah para pedir aconselhamento técnico. “Nós fomos para obter o seu feedback e Amir disse, ‘Uau, isso é inovador! Eu gosto do que vocês estão fazendo. Posso investir?'”

A tecnologia criada por Mariani tem o objetivo de resolver um problema que ele tinha quando trabalhava no Yahoo, que armazena milhões de dados na tecnologia que ele mesmo criou, chamada Hadoop. Essa tecnologia permite que as empresas utilizem computadores de baixo custo e de baixa capacidade de armazenamento para abrigar quantidades de dados enormes, e tornou-se muito popular por isso. É uma das tecnologias que impulsionaram a nova tendência do “big data”.

Mas o Hadoop é uma ferramenta muito difícil de ser utilizada. Uma vez que você insere os dados é difícil transformá-los em tabelas ou gráficos, extrair informações, etc. Por isso, muitas e muitas startups estão trabalhando em soluções que extraiam essas informações de maneira amigável.

A AtScale é uma delas. A diferença é que Mariani passou anos trabalhando com Hadoop no Yahoo e em seu outro trabalho, quando ele era o engenheiro-chefe para Klout. “Eu vivi essa dor”, disse ele.

A AtScale tem um sistema que trabalha quase de maneira invisível dentro do Hadoop, sem que seja necessária qualquer alteração no serviço de armazenamento de dados. Uma vez configurado, ele permite que as empresas trabalhem com os dados usando seus aplicativos favoritos, incluindo Excel, Tableau Software, Microstrategy, e outros.

“Nós consultamos os dados na fonte. Ninguém está fazendo isso. É tão fácil colocar o sistema para funcionar que os usuários podem continuar fazendo suas tarefas que não vão nem perceber a diferença.”

A AtScale também tem o pedigree de um fundador que teve vários hits ao longo de décadas. Ele fundou MineShare, que vendeu para a Impacto Digital por US$ 34 milhões de dólares em 2000. A Impacto Digital mais tarde foi vendida para a Acxiom por US$ 140 milhões de dólares. E ele foi CTO da Blue Lithium, que vendeu para o Yahoo por US$ 300 milhões de dólares em outubro de 2007.