A principal deficiência dos médicos em 2020 (e 05 Novas Habilidades que não se aprendem na Faculdade de Medicina)

StartSe

Por StartSe

11 de agosto de 2020 às 11:52 - Atualizado há 1 mês

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A cada ano que passa, o número de competências e habilidades exigidas pelos profissionais médicos só aumentam – mas o mesmo não acontece nas universidades.

A maioria dos médicos têm pouca ou nenhuma capacitação em gestão de equipes ou de suas próprias carreiras e clínicas, e isso é um problema.

Os profissionais saem da universidade com o sonho de ter sua própria clínica ou consultório. 

E quando percebem que a formação médica na academia foca muito no paciente e pouco na carreira do médico, quando eles começam a focar nas suas próprias carreiras, os obstáculos aparecem.

Como você pode atrair seus próprios clientes, sem quebrar nenhum regulamento do setor quando o assunto é marketing e marketing digital?

O que fazer para aumentar a rentabilidade da sua clínica, diminuindo custos e aumentando a produtividade sua e do seu time?

Como fazer gestão de processos com eficiência?

Fazer negociação com fornecedores e liderar uma equipe de profissionais e médicos?

Ou então precificar seus serviços de uma forma lucrativa para você e para o seu negócio, sem onerar seu paciente?

E o mais importante: como ter essas habilidades sem precisar terceirizar a gestão da sua clínica a alguém que sabe pouco ou nada de medicina?

Para ajudar você a solucionar isso, abaixo estão 05 novas habilidades médicas que não se aprende na Faculdade de Medicina, mas ajudam diretamente na gestão da sua clínica ou consultório:

#1 – Adotar uma abordagem focada no paciente

Olhar pelos “olhos do paciente” é fundamental para otimizar seu atendimento.

Sem ele, sua clínica ou consultório não existe. Por isso, é importante você mapear e acompanhar toda assistência a ele. Desde de quando o paciente entra na sua clínica, é atendido na recepção, até o momento dele vai embora.

Aqui é onde você se preocupa com a experiência do cliente-paciente como um todo.

Essa melhoria é constante e aprimorar ajuda tanto a qualidade de atendimento do seu negócio quanto suas habilidades de liderança médica.

#2 – Otimizar o trabalho do corpo clínico

Sua primeira prioridade é com o seu paciente, a segunda é com seu time clínico. Por isso, evitar que o seu corpo clínico entre em burnout e esteja satisfeito com suas funções é primordial para a saúde do seu negócio.

Você precisa ter cuidado com isso, pois eles são “a frente de batalha” da clínica. Então cuidar da saúde e funcionamento da equipe é primordial para você como liderança médica.

#3 – Criar um ambiente de colaboração que valoriza o alinhamento entre médicos e a empresa

O líder médico não pode se distanciar da clínica por fazer parte de um setor corporativo. Você precisa se colocar no ambiente corporativo e compreender as importâncias de manter um ambiente saudável.

O médico executivo fica responsável por garantir que os médicos da clínica tenham voz ativa de falar sobre suas ideias. E alinhar expectativas e fornecer os recursos necessários quando é necessário.

#4 – Mudar sua visão de autonomia para alinhamento

Os médicos que atuam na profissão há muito tempo, costumam se guiar pela autonomia. Tomar decisões sozinhos e não necessariamente trabalharem em equipe.

Quando falamos de alinhamento, trabalhar em equipe para o bem da clínica é primordial. Então mudar esse mindset de alguém autônomo para um profissional alinhado ao negócio requer da liderança médica a definição dos objetivos de gestão de forma clara e estratégica.

Pensar na Qualidade, Segurança, Experiência do Paciente, Envolvimento entre Equipe e Médico, além do Equilíbrio Financeiro. 

Manter tudo isso em mente e de forma mapeável é a melhor forma de identificar as métricas sobre onde a gestão e a empresa querem ir, alinhando as estratégias para alcançá-las.

#5 – Pensar em rupturas inovadoras e se adaptar às mudanças

A clínica é uma empresa, por isso é fundamental que os processos e produtos oferecidos sejam atualizados com o que há de mais moderno.

O mercado está se atualizando rápido, e seu paciente sabe disso. A busca por melhorias e inovações precisa ser algo constante dentro da sua clínica e consultório.

Saber incorporar essa tecnologias no setor médico, e se atualizar como profissional e gestor são pontos primordiais para clínicas e consultórios daqui pra frente.

Diante das necessidades que todo profissional da saúde precisa hoje em dia, a StartSe reuniu um time de médicos executivos para ajudar você, profissional da área, a desenvolver estas e outras novas habilidades para a sua carreira.

A Formação Gestão Inovadora para Médicos foi desenhada especialmente para profissionais da Saúde se atualizarem sobre as novas práticas de gestão, tecnologias clínicas, visão estratégica, gestão ágil, performance e cultura interna e todas as ferramentas necessárias para o Novo Profissional da Saúde.

Confira na página o cronograma completo e conheça cada um dos professores. E garanta uma formação extra online sobre metodologias sobre gestão de times e negócios.

Você pode participar nas opções presencial e totalmente ao vivo e online, assim você pode escolher a melhor opção para você e participar da formação de onde quiser.

>> Garanta AQUI seu acesso ao Gestão Inovadora para Médicos e garanta uma condição especial