Beyond Meat, startup de carne vegetal, prepara IPO e pode se tornar unicórnio

Empresa projeta avaliação de US$ 1,2 bilhão após abertura de capital na bolsa norte-americana Nasdaq

0
shares

A Beyond Meat, startup dos EUA que produz hambúrguer e salsicha com carne vegetal, vai abrir capital na bolsa norte-amerciana Nasdaq. A documentação para o pedido do IPO foi enviada nesta segunda-feira (22), com previsão de valor de mercado de US$ 1,2 bilhão. Caso o prognóstico esteja correto, a empresa entrará para o seleto grupo de unicórnios – startups avaliadas em pelo menos US$ 1 bilhão.

O preço unitário por ação da Beyond Meat deve ser entre US$ 19 e 21. Assim, a startup espera levantar US$ 183 milhões em quase nove milhões de ações. Desde sua fundação, em 2009, a empresa nunca fechou um ano lucrativo, mas seu faturamento vem crescendo. No ano passado, a receita foi de quase US$ 88 milhões.

Antes de abrir capital, a startup já recebeu investimentos de Bill Gates e da fabricante alimentícia Tyson Foods. A Beyond Meat aposta em ir além do público vegano e conquistar os consumidores de carne animal. O produto da startup promete ter sabor, textura e até sangrar como carne, apesar de ser feita em laboratório com insumos vegetais.

Tendência no mercado alimentício

A Beyond Meat é pioneira, mas não única no mercado de “carne vegetal”. Nos EUA, a Impossible Foods faz produtos semelhantes, e inclusive firmou uma parceria com o Burger King para lançar um sanduíche de carne vegano. Aqui no Brasil, quem está desenvolvendo alimentos do tipo é a Fazenda Futuro.

Não é só carne que está na mira dos empreendedores do mercado de foodtechs. A NotCo é uma empresa chilena que produz maionese e iogurte veganos, afirmando serem iguais ao produto original. Os artigos da startup, que recebeu investimentos de Jeff Bezos, estarão nas prateleiras do mercado brasileiro em breve.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários