6 cuidados que sua empresa deve ter em tempos de crise

Avatar

Por Júlia Miozzo

14 de agosto de 2015 às 15:27 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 16 a 19/Nov, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

SÃO PAULO – Startups e médias empresas podem ficar aflitas com o atual momento da economia, tomando cuidado com toda a decisão tomada. É um momento em que planejamento e organização devem ser praticados para buscar crescimento e superar desafios e obstáculos que possam aparecer.

“Embora fatores econômicos, sociais e políticos tenham grande influência no comportamento dos mercados, evite levar a crise para dentro da sua empresa. Ao invés disso, faça uma análise para identificar como e onde ela pode atingir seu negócio e, também, quais oportunidades ela pode gerar”, aconselha Vinicius Rozeda, CEO da ContaAzul.

O CEO ainda destaca quais são os pontos aos quais micro e pequenas empresas devem se atentar para continuar crescendo, mesmo em um cenário de crise. Confira:

1) Identifique e corte gastos irrelevantes
É preciso economizar em todos os aspectos que forem possíveis – sem que causem impactos no dia a dia das pessoas e na receita do negócio. “Procure evitar desperdícios e organize melhor o tempo da equipe para obter o máximo de produtividade”, comenta Vinicius. Ele também indica propor renegociações com os fornecedores da empresa.

2) Invista para aumentar a receita
Embora o corte de gastos seja importante, investimentos podem ser importantes para incrementar a receita. Reinvista o valor economizado em campanhas comerciais, publicidade e políticas que incentivem os funcionários. “Uma equipe mais motivada terá maior capacidade de encontrar oportunidades mesmo em um cenário negativo”, disse.

3) Aja com transparência e aumente a comunicação
Faça com que os colaboradores de sua empresa saibam o que têm funcionado ou não no atendimento, vendas e despesas da empresa e compartilhe quais são os principais objetivos da empresa. Segundo Vinicius, é uma maneira de melhorar o trabalho da equipe e mostrar no que é necessário focar.

4) Fique atento ao fluxo de caixa
Em um momento que qualquer valor de receita é importante, procure saber quais são os recursos que entram e saem do caixa. É um cuidado indispensável em qualquer situação, mas que fica ainda mais importante em momentos de crise. “Uma dica: analise os fluxos de contas a pagar e receber e busque renegociar os prazos dos pagamentos aos fornecedores”.

5) Valorize seu cliente
Manter os clientes já existentes é importante, mas analisar quais são os mais importantes, em termos de receita e lucratividade. Pense em novas maneiras de atrair uma base maior de clientes com ações criativas que chamem sua atenção.

6) Aproxime-se de seu contador
Além do histórico contábil e fiscal da sua empresa, o contador tem em mãos os principais números dela – e eles podem ser bons indicadores em momentos não favoráveis. “Converse co seu contador e conte com ele para tomar decisões importantes relativas a investimentos, captação de recursos, impostos, corte de custos, etc”, comentou Vinicius.