Startup quer mudar a forma como se usa transporte público

OnBoard Mobility já firmou parceria com a SPTrans e está em negociação com cidades de São Paulo, Bahia e Rio de Janeiro

0
shares

Quem usa transporte público na região metropolitana de São Paulo precisa gerenciar o uso de vários cartões de diferentes companhias. Alguém que se desloca de Carapicuíba para São Paulo, por exemplo, pode precisar utilizar o PEC (Passe Eletrônico Carapicuíba), o BOM (Bilhete Onibus Metropolitano, válido para ônibus intermunicipais e algumas estações de trem e metrô), e o Bilhete Único para ônibus, trem e metrô na capital.

A situação é a mesma em outros pontos do estado e do país, com outros cartões. A fintech OnBoard Mobility quer simplificar essa situação unificando os créditos em apenas um cartão, além de um sistema de bônus. A startup já firmou parceria com a SPTrans e está em negociação com cidades no interior de São Paulo, na Bahia e no Rio de Janeiro.

“Estamos trabalhando para integrar nossa solução com o Bilhete Único. Esperamos iniciar os testes em linhas da Cidade Universitária. Nossa perspectiva é disponibilizar a solução para o mercado em fevereiro de 2018”, disse o CEO e co-fundador Luiz Renato Mattos.

O Bilhete Único tem mais de 2,2 milhões de usuários, de acordo com dados públicos da SPTrans, de maio deste ano. Desses, mais de 22% também utilizaram ônibus intermunicipais ou trem no deslocamento para o trabalho, quase o mesmo percentual dos que se deslocam para estudo (21,6%). Portanto, um público de aproximadamente 480 mil pessoas poderia ser beneficiada com a integração desses meios de transporte com a rede da capital.

O projeto da OnBoard foi selecionado pela SPTrans em edital do Programa de Residência do Laboratório de Mobilidade Urbana de São Paulo (MobiLab). A solução apresentada pela OnBoard Mobility “tem o potencial de permitir a mitigação de riscos, a redução de custos operacionais e a melhoria do serviço prestado à população usuária de transporte público na cidade de São Paulo”, de acordo com o contrato firmado com a empresa municipal.

Uso de transporte público caiu nas últimas décadas

Em quase 20 anos, a utilização de meios de transporte público caiu 42%. No mesmo período, o preço das passagens subiu 260%, segundo estudos da Associação Nacional das Empresas de Transporte Urbanos (NTU). A Onboard acredita que os benefícios que ela pode trazer, como comodidade com atendimento simplificado e bônus, podem mudar o quadro atual.

“Em 1998, 60 milhões de brasileiros utilizavam o transporte público diariamente, atualmente são 37 milhões de pessoas. A OnBoard Mobility surgiu com a missão de reverter esse cenário através de um aplicativo mobile e um cartão físico que são capazes de integrar os sistemas de transporte urbano de passageiros” explicou Luiz Mattos.

Os planos da Onboard não param em São Paulo, ou no Brasil: “Para os próximos 5 anos [o objetivo] é levar a OnBoard para o país todo além de uma forte expansão internacional”, finalizou o CEO da startup.

 

Saiba como fazer parte desse ecossistema

Para fazer parte do ecossistema global de fintechs, você pode cadastrar sua startup na MEDICI e na StartSe Base.

A MEDICI é uma base de dados que conta hoje com 7.000 empresas de todo o mundo. Ela pertence à Let’s Talk Payments (LTP), empresa global de conteúdo e pesquisas sobre fintechs.

A StartSe Base é a maior base de dados de startups do Brasil, com mais de 5.000 empresas cadastradas.

Sobre a Let’s Talk Payments (LTP)

LTP é a principal plataforma de conteúdo e pesquisas sobre fintechs no mundo. Mais de 400 instituições financeiras e 90 programas de inovação recorrem à LTP para obter informações sobre as empresas que estão disruptindo o setor financeiro.

Mariana Rodrigues é colaboradora regular da LTP, focada no mercado de fintechs do Brasil. Para acompanhar o conteúdo produzido pela LTP no Brasil e no mundo, cadastre-se na newsletter.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

Comentários