StartSe Base: iChefs Brasil facilita para você comer pratos de chef em casa

Agora, ela pretende ampliar seu portfólio de produtos e serviços, expandindo os mesmos para as demais capitais brasileiras

0
shares

R$ 357 bilhões. Este é o tamanho de mercado da indústria de food servisse no Brasil. Mercado tão gigante que, obviamente, vai atrair diversas startups para ele. Uma delas é a iChefs Brasil (clique aqui para ver o cadastro deles na plataforma do StartSe), que conecta chefs de cozinha e clientes.

A ideia é trazer comodidade para que os usuários da startup possam degustar, em casa e por um preço justo, a comida de qualidade preparada por um profissional. A companhia foi lançada em junho de 2016 no Rio de Janeiro e já conseguiu estruturar seu modelo de negócio.

Agora, ela pretende ampliar seu portfólio de produtos e serviços, expandindo os mesmos para as demais capitais brasileiras.“Todo bom chef já montou sua cozinha, pois além de ser a paixão da profissão, este espaço é também sua principal ferramenta de trabalho. O que fazemos é habilitá-la para trabalhar dentro do nosso conceito. Construímos uma curadoria a quatro mãos, junto com os chefs, para viabilizar o pré-preparo de um cardápio adaptado ao modelo da plataforma. Os pratos são pré-preparados e saem das mãos do chef, direto para os clientes.”, explica Maurício Tilhe, sócio do iChefs Brasil.

A ideia da iChefs é conectar os profissionais de cozinha (todos com formação acadêmica adequada), aos clientes, oferecendo experiências gastronômicas inesquecíveis e a oportunidade de viver a experiência de ser um chef de cozinha, finalizando o prato a ser servido. “O iChefs Brasil surge para criar uma nova conexão entre chefs e o brasileiro, mas de uma forma totalmente diferente dos diversos sites de entrega de comida e das plataformas de personal chef que existem nos dias de hoje. O cliente também é chef, é ele quem dá o ‘toque final’ nos ingredientes”, comenta Tilhe.

A plataforma possui mais de 75 opções de entradas, pratos principais, vinhos, sobremesas e combos com jantares harmonizados e disponibiliza menus alinhados a determinadas épocas do ano, tais como Natal e o Réveillon, por exemplo. A refeição pedida pelo iChefs é entregue na casa do cliente em uma caixa, embalada à vácuo.

Cada receita conta com a foto e o currículo do chef que a desenvolveu, com um breve resumo sobre carreira e os locais em que trabalhou. A startup destaca que mantém a qualidade de seu cardápio através de um rigoroso processo de seleção de profissionais. “O iChefs Brasil tornou-se uma nova porta para o empreendedorismo do chef de cozinha, inclusive para aqueles que trabalham em restaurantes, pois podem elaborar os menus da rede com a comodidade de uma entrega agendada. Do lado do cliente, este opta pela melhor data disponível para entrega, em sua casa, e finaliza os pratos sem estresse na cozinha, em até 12 minutos”,  acrescenta Fernando Barão, também sócio do iChefs Brasil.

A companhia quer passar a atuar em novos mercados, como São Paulo e Curitiba, ainda em 2017. “Atualmente o setor de restaurantes passa por uma crise no Rio de Janeiro, principalmente por conta do aumento dos aluguéis. Inúmeros restaurantes tradicionais já fecharam e outros viram sua demanda cair por conta de repasse de custos nos cardápios. Além disso, a chegada da Lei Seca também afetou o movimento (queda de 20%), de forma definitiva. No iChefs Brasil, o compartilhamento da cozinha do chef permite trabalhar com uma estrutura de custos mais enxuta", termina Barão.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários