Startups fundadas por mulheres levantaram só 2,2% dos investimentos

Avatar

Por Isabela Borrelli

5 de novembro de 2018 às 15:21 - Atualizado há 3 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Nos Estados Unidos, as startups levantaram um total de US$ 96,7 bilhões em 2018, um número que deve ultrapassar US$ 100 bilhões antes do final do ano, afirma o TechCrunch. Ao mesmo tempo, as empresas fundadas por mulheres levantaram apenas 2,2% desse total, apesar dos esforços de igualar o cenário para empreendedoras mulheres.

Essa estatística pode soar familiar, uma vez que é exatamente a mesma quantidade de capital arrecadada por uma única fundadora mulher ou por um time inteiro feminino no ano passado, de acordo com o PitchBook. Esse número se tornou mais do que uma amostra do mercado, mas uma denúncia de um problema que não é de hoje: empreendedoras arrecadam muito menos capital privado do que seus colegas homens.

Na tentativa de mudar essa realidade, organizações como a All Raise, por exemplo, surgiram para dar orientação para as empreendedoras. Ainda assim, o problema está mais embaixo. Atualmente, menos de 10% dos tomadores de decisão nas empresas de capital de risco são mulheres e 74% das firmas americanas de capital de risco não têm investidores do sexo feminino. Até que esses números comecem a se transformar, é provável que haja pouco progresso no fechamento da lacuna de financiamento.

A boa notícia é que as mulheres aumentaram o volume de capital de risco arrecadado este ano, com dois meses para o desfecho de 2018. Nos últimos dez meses, as startups fundadas por mulheres fecharam 391 transações no valor de US$ 2,3 bilhões ante US$ 2 bilhões em 2017. Já as equipes com ambos os sexos levantaram US$ 13,2 bilhões este ano em 1.346 negócios, um aumento de US$ 12,7 bilhões no ano passado.

No ano passado, as startups dos Estados Unidos levantaram um total de US$ 82 bilhões em mais de 9.000 negócios, o que foi volume impressionante para o segmento de novos negócios.