Tudo o que você precisa saber para conseguir investimento em 2016, por João Kepler

Avatar

Por Júnior Borneli

27 de novembro de 2015 às 13:41 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Tenho falado em palestras e eventos que os empreendedores de hoje tem muito mais informação e conhecimento que há 3 anos. Isso graças a diversos eventos e sites, notícias e canais como o StartSe.

Porém, ainda percebo uma grande dificuldade dos empreendedores em encontrar um Investidor-Anjo ou até mesmo entender o momento de buscar investimento. O que resumidamente o empreendedor precisa saber é que um investidor-anjo não investe em um ponto, mas sim em vários pontos, investe em uma barra de progresso na linha do tempo de um negócio.  Tenha em mente que investidores bem-sucedidos e qualificados têm TESE DE INVESTIMENTO definidas e/ou publicadas que filtram negócios e oportunidades e você deve primeiro verificar se o seu negócio se encaixa no que o investidor procura.

Para os investidores mais qualificados, que dificilmente investem na ideação, o ideal é apresentar sua startups que esteja, pelo menos, no estágio validação ou pronta para se manter e crescer. Mas uma coisa é certa, o melhor momento para buscar investimento-anjo é quando você não precisa dele. Além disso, uma boa equipe de founders e de desenvolvimento do projeto é fator fundamental para essa escolha, isso porque os investidores-anjo investem em pessoas e não somente em negócios. Pois bem, o que mais você precisa saber?

O que o Investidor pergunta para o Empreendedor?

Qual a oportunidade?
Qual é o problema que seu projeto irá resolver?
Qual a inovação? Quais são suas diferenças em relação ao que já existe?
Qual é a solução? Como seu negócio irá atender a esta necessidade?
Qual é o mercado? Qual é o perfil dos clientes?
Quais recursos? Quanto precisa de dinheiro, em quanto tempo e para quê? Além de dinheiro, do que mais precisará?
Qual a receita estimada? Qual, como, em quanto tempo e de onde vem o ganho e a monetização?
Quem são os players de mercado? Quem são os principais concorrentes diretos e indiretos?
Quais as hipóteses testadas? Quais as barreiras de entrada?
Qual o estágio do projeto? Inicial, protótipo, pronto, faturando?
Qual o time? Descreva um pequeno histórico de cada sócio, principais atividades e participações no negócio.

Como fazer um Pitch?

A receita para um bom pitch para investidor passa preferencialmente por essa ordem de slides: Exposição do problema, a solução, mercado, concorrentes, modelo de negócio, demonstração, equipe,  expectativas, investimento e um grand finale.

Como conseguir Investimento-Anjo?

Não existe receita de bolo, mas dependendo do estágio do seu projeto, existem alguns caminhos para encontrar este “patrocinador”. A minha resposta é sempre baseada na situação de quem me pergunta. Alguns exemplos:

Se é apenas uma ideia na cabeça, procure por conhecidos e parentes, eles poderão ser seus anjos e/ou participe de eventos como o Startup Weekend;

Se é uma projeto validado mas ainda em desenvolvimento, procure prioritariamente por um empresário que tenha afinidade ou interesse no segmento do seu negócio, ele pode se transformar em um anjo e/ou submeta seu projeto a uma aceleradora. Não esqueça de cadastrar seu projeto no banco de startups do StarteSe.

Se é um projeto já pronto e que precisa de tração:

  • Venda seu serviço ou produto no mercado (os clientes serão seus investidores)
  • Participe de eventos  e demonstre o que você faz
  • Submeta à avaliação de anjos experientes para ter um “padrinho” ou quem sabe um Deal Leader, para uma captação de investimento
  • Faça a captação em uma Plataforma de Equity Crowdfunding

Se é um projeto que tem escala, tração e faturando que precisa internacionalizar, procure um investidor sênior que possa te ajudar a fazer a ponte com rodadas maiores de investimento. Dependendo do valor e momento, procure diretamente um investimento seed ou Venture Capital.

Quanto tempo demora?

O processo para entrada de um investidor-anjo no seu negócio pode demorar 3 meses ou mais, entre o interesse do investidor até a assinatura dos termos e o início dos aportes. Se você tem pressa, pode assustar o investidor, pois este tipo de investimento requer tempo para estabelecer uma relação de parceria e confiança mútua, ou pode simplesmente fazer ou falar ou conceder coisas que possa se arrepender depois.

Qual as dicas que você pode deixar para os Empreendedores?

  • Procure por um Mentor primeiro para receber orientação, esse mentor pode fazer o aporte de experiência e conexões com investidores no mercado
  • Tenha um propósito definido, se possível até uma causa
  • A oportunidade se abre para quem se abre para ela. Apareça nos eventos certos;
  • Mantenha uma interação frequente com investidores não somente para pedir dinheiro. Se torne um seguidor, antes de qualquer coisa
  • A melhor hora de buscar um investidor é quando você não precisa imediatamente ou desesperadamente pelo dinheiro dele. Isso assusta! Neste caso, procure um outro tipo de financiamento ou banco
  • Demonstre seu track record em negócios anteriores ou que seu negócio atual está maduro o suficiente para provar que vai dar certo
  • Não fale demais, mantenha o “Simancou” em ótimo nível
  • O investidor não entrará somente com o dinheiro, ele certamente vai participar das decisões e rumos do negócio; Ofereça um assento no Conselho
  • Valorize seu time, ninguém é tão bom ao ponto de fazer tudo sozinho
  • Procurar por outros aportes além do dinheiro, aportes de experiência, conexões e mentoria
  • Seja humilde e muito cuidado com a arrogância do sabe tudo