Tese de investimento é indispensável para acertar na escolha da startup

Se for investidor, faça com urgência sua tese de investimento, divulgue e alinhe as suas estratégias

Avatar

Por João Kepler Braga

23 de novembro de 2018 às 11:17 - Atualizado há 1 ano

Eu tenho pensado muito sobre tese de investimento-anjo, seu desenvolvimento, utilização e assertividade ao longo destes últimos meses. Quando observo alguns investimentos realizados por colegas Anjos, eu sempre me pergunto os porquês e qual sentido daquele negócio. Esse exercício é para entender as TESES DE INVESTIMENTOS utilizadas, até porque as teses que eu segui e defendi até bem pouco tempo atrás, hoje são outras.  Não que eu tenha errado na maioria das vezes, muito pelo contrário, acertei muito mais do que errei, ainda bem, mas porque o meu momento, minha experiência e o mercado, mudaram.

É por conta dessa variação que hoje depois de um portfólio com 30 startups, eu entendo que a Tese de Investimento-Anjo deve ser alterada ao longo do tempo conforme o momento e interesses. Além disso, a Tese deve ser observada sempre aliada a uma ESTRATÉGIA DE INVESTIMENTO que englobe outros pontos e fatores de filtro e não como uma regra fixa imexível.

Claro que todos os Investidores devem ter uma regra básica sobre o que querem e pretendem investir, mas uma estratégia depende de variáveis que são proporcionais a vários aspectos como por exemplo, áreas e segmentos que não estão atrativos no momento econômico, capacidade de investimento, regionalização, entre muitos outros pontos.

O que quero dizer com isso?  Um investidor-anjo, precisa de certos parâmetros para montar sua Tese antes mesmo de entrar neste tipo de investimento de risco. Isso evita e filtra muitas ofertas e supostas oportunidades de investimento.

Desenvolvimento de teses de investimento tem sido um exercício fascinante para mim. Você pode até pensar que formular teses no ambiente de incertezas como no de startups é uma loucura, eu digo que não, exatamente porque é de alto risco, que você deve ter uma.

Outro ponto interessante de que quando o Investidor-Anjo publica sua tese, já acontece um filtro natural nos projetos que os Empreendedores te apresentam e nas demandas por investimento.

Então para ajudar a montar uma TESE DE INVESTIMENTO,  deixo abaixo uma lista de pontos que devem ser observados na hora de analisar uma Startup, para ter como base o que vai precisar para montar a sua tese e da estratégia a cada momento e prioridade:

– Básicas

  • Valor a Investir
  • Segmento de mercado
  • Market fit
  • Modelo de Negócio
  • Monetização
  • Validação
  • Inovação
  • Time (composição, comprometimento, execução e união)
  • Estágio do Projeto
  • Escalável
  • DRE
  • Equity
  • Barreiras
  • Pitch deck

– Moderadas

  • Tração
  • Track record dos Empreendedores
  • Valuation
  • Vendas + Custo de aquisição de clientes
  • Opções de saída
  • Riscos
  • Burn rate
  • Aceleradas
  • Habilidades e convivência Social do fundador

– Avançadas

  • Previous Investor, sim? Se sim, quem e quanto?
  • Co-investimento
  • Termos de Investimento
  • Disruptiva
  • Retorno do Investimento e prazo
  • Agrega valor e é sinérgico ao meu portfólio
  • Possibilidade de disponilibilizar APIs para terceiros
  • É global, possibilidade de Flip?
  • Participar de Conselho
  • Relevância
  • Propósito e porquês definidos

Claro que existem outros pontos, apenas citei como exemplo, alguns que eu considero na analise.

Pois bem, investir não é ter uma bola de cristal. Ninguém sabe de antemão qual será a melhor startup e o melhor retorno do investimento, mas sabemos previamente o que podemos, o que queremos e claro o que evitamos. Quando se tem uma ESTRATÉGIA baseada em uma TESE prévia, o caminho fica mais mais fácil para ser assertivo na escolha e prever seus possíveis erros de investimento. A experiência conta muito, então se for possível analise e siga também a tese de investimento de um Investidor Anjo experiente. Tomar decisões vendo pelo retrovisor (mesmo que dos outros) é mais fácil do que olhando à frente (mesmo que você use um potente binóculo)

Então, só para deixar como exemplo, registro aqui a minha TESE DE INVESTIMENTO:

Eu invisto em modelos de negócio B2B ou B2B2C em estágio pronto para o mercado; Que sejam inovadores; Que resolvam problemas existentes de forma específica; Que sejam Relevantes Socialmente; Que sejam escaláveis; Que os Empreendedores sejam humildes e especialistas no assunto; Que agreguem valor e seja sinérgico ao meu Portfolio; Que o Plano de Negócio e DRE façam muito sentido; Que sejam visíveis as opções de saída; Que o investimento seja feito, se possível, através de co-investimento com Anjos com competências complementares.

Baseado nessa tese que são condições iniciais para filtro, posso montar um Estratégia diferente com outros parâmetros para ser mais ou menos exigente para a decisão final, como por exemplo: Valores, equity, estágio, entre outros pontos que relacionei aqui neste texto por prioridades.

É isso, se for investidor faça com urgência sua tese de investimento, divulgue e alinhe as suas estratégias para ser mais assertivo no filtro e na escolha da startup que poderá ser beneficiada com seu investimento.