Startup Pidium capta R$ 400 mil através do StartSe

Avatar

Por Júnior Borneli

8 de abril de 2015 às 11:00 - Atualizado há 6 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

O aplicativo Pidium, uma rede social que tem como objetivo ajudar pessoas que estão no mesmo local a se conhecerem de uma maneira mais leve e descontraída, recebeu investimento de R$ 400 mil reais.

A aproximação com o investidor aconteceu através da plataforma StartSe, que conecta empreendedores a investidores, mentores, aceleradoras e fundos de investimento. Depois de fazer o cadastro da startup na plataforma, os empreendedores podem apresentar seus projetos e iniciar um relacionamento que, muitas vezes, termina em um investimento-anjo.

O Pidium ajuda os usuários a conhecer pessoas que estão no mesmo local físico. Diferente de outros aplicativos do gênero, o a serviço mostra apenas pessoas que estão próximas. Com ferramentas de chat e notificações, o usuário pode interagir de uma maneira inovadora e “quebrar o gelo” na hora de se aproximar de outras pessoas que estão a uma distância de até 50 metros. O uso do aplicativo, segundo seus criadores, é muito indicado para baladas, bares, festas, faculdades, restaurantes, cinemas, praias, shows ou em qualquer lugar que tenha pessoas com as quais você queira se aproximar.

Apresente sua startup para milhares de investidores e mentores. Cadastre seu projeto gratuitamente no StartSe (www.startse.com.br) e mostre todo o seu potencial empreendedor.

O aplicativo conta com mais de 30 mil usuários e o objetivo é chegar a 500 mil até o final do ano. O dinheiro captado junto ao investidor, que prefere se manter anônimo, será fundamental para atingir essa meta.

Segundo o criador do Pidium, o empreendedor Antônio Haddad, de 26 anos, o StartSe foi fundamental para a captação do investimento: “a plataforma StartSe foi muito importante para que eu chegasse a esse aporte. Eu me sentia perdido sobre como e onde ir atrás de investidores. Os empreendedores ficam um pouco sem rumo no início da sua Startup e o StartSe me deu, de certa forma, uma direção. Vejo uma vantagem importante no StartSe, que é o fato de ser uma plataforma brasileira. Isso fortalece ainda mais o mercado nacional de startups, que está em forte crescimento.”

Antônio diz ainda que plataformas como o StartSe podem mudar a forma como as startups buscam investimento: “No StartSe todos têm a oportunidade de expor sua startup de uma maneira totalmente simples e fácil. Eu acredito que o tempo de bater de porta em porta atrás de investimentos está acabando e o maior sinônimo disso é o StartSe, que oferece muito mais oportunidades em um curto espaço de tempo e de uma maneira extremamente objetiva.”

Dentro da plataforma StartSe o aplicativo Pidium foi analisado por 26 investidores, até conseguir esse aporte. Na última semana, a startup Mobous anunciou também o recebimento de investimento, conquistado através de relacionamentos feitos a partir do StartSe. Para conhecer essa história, clique aqui.