Startup PetiteBox, cadastrada no StartSe, abre rodada de investimento liderada por João Kepler

Empresa está com captação aberta no Broota, plataforma de crowdfunding; objetivo é captar R$ 550 mil

Avatar

Por Júnior Borneli

1 de setembro de 2015 às 16:07 - Atualizado há 4 anos

A PetiteBox, maior clube de assinatura para gestantes de bebês do Brasil abriu captação de investimentos através do Broota, empresa brasileira de crowdfunding.

A startup ficou conhecida depois de se cadastrar na plataforma StartSe e participar de um Demo Day junto com os principais investidores do país. Com um modelo de negócio inovador e com mais assinantes do que todos os concorrentes juntos, a empresa rapidamente atraiu a atenção dos investidores.

Liderada por Felipe Wasserman e Ivy Assis, a empresa está captando o valor total de R$ 550 mil, sendo que R$ 300 mil são através da plataforma de financiamento coletivo. O líder da rodada de captação é o investidor-anjo João Kepler, que já investiu em mais de 40 startups.

“Entrei no PetiteBox pelo incrível momento e estágio da startup. A empresa gera caixa, cresce exponencialmente e vai fechar o ano com um ótimo Ebitida.  A PetiteBox é pioneira nesse modelo de negócio, é líder de mercado e o maior clube de assinaturas para gestantes e bebê do Brasil”, conta Kepler, que investiu R$ 50 mil na startup.

Para conhecer um pouco mais sobre a PetiteBox e saber como está a captação de investimentos, acesse http://www.broota.com.br/startups/petitebox.