Startup Petitebox bate recorde de captação via crowdfunding no Brasil

Mais de R$ 300 mil foram captados em apenas 4 dias; recorde anterior era de R$ 100 mil em 8 dias

Avatar

Por Júnior Borneli

4 de setembro de 2015 às 10:03 - Atualizado há 4 anos

A startup Petitebox, apresenta aos investidores no Demo Day do StartSe, bateu o recorde de captação de investimentos através de crowdfunding: foram R$ 300 mil em apenas 4 dias de captação. O recorde anterior era de R$ 100 mil em 8 dias.

Liderada pelo investidor-anjo João Kepler, que conheceu a startup durante o Demo Day do StartSe realizado em abril desse ano, a empresa espera arrecadar, ao todo, R$ 550 mil.

Com modelo de negócio baseado em um sistema de assinatura que entrega produtos nas casas de gestantes e bebês, a startup tem despontado como uma das mais quentes do mercado.

Liderada por Felipe Wasserman e Ivy Assis, a empresa tem parceria com os principais fabricantes de produtos para mulheres grávidas e recém-nascidos e é maior do que todos os seus concorrentes, juntos.

Apesar de ter atingido a meta de 100% da captação através do crowdfunding, a empresa continua com a rodada aberta na plataforma Broota.

A parceria do StartSe com o Broota tem gerado bons resultados. Além da Petitebox, a startup Made in Natural captou R$ 250 mil depois de também ter sido apresentada aos investidores pelo StartSe.

Outra startup vinda do StartSe que deve começar a captação via Broota nos próximos dias é a Mondial Brands, que trabalha na distribuição de produtos alimentícios premium.

Sobre a Petitebox, ainda é possível investir na startup. Basta acessar o endereço http://www.broota.com.br/startups/petitebox/ e entender como funciona o processo.