“O seu fracasso me interessa”, afirma o maior investidor de startups do Brasil

Antes de começar a investir nesse mercado, que pode gerar ganhos extraordinários, é necessário entender quais são os riscos

Avatar

Por Júnior Borneli

24 de fevereiro de 2016 às 10:22 - Atualizado há 4 anos

Investir em startups tem se tornado algo cada vez mais comum nos dias de hoje. Qualquer pessoa pode apostar em empresas altamente inovadoras aportando valores a partir de R$ 2,5 mil.

Mas antes de começar a investir nesse mercado que pode gerar ganhos extraordinários, é necessário entender quais são os riscos desse tipo de investimento.

Para o investidor-anjo João Kepler, eleito o melhor investidor do Brasil em 2015 e investidor de mais de 50 startups, estudar esse mercado é fundamental. Ele é professor do curso Investimento em Startups de A a Z, que elucida os principais pontos para quem quer investir nesse mercado.

No vídeo abaixo, João Kepler e Marco Poli, outro investidor renomado, explicam alguns pontos importantes e afirmam: o empreendedor que já fracassou tem mais chances de chegar ao sucesso.

Segundo Kepler, “o seu fracasso do empreendedor me interessa. Se eu conheço as suas derrotas, percebo que você aprendeu com os erros e pode ser muito mais forte agora”.

Para Marco Poli, que já investiu em mais de 20 startups, “quem acerta não necessariamente aprende, mas quem erra só não aprende se for muito cabeça dura. Se você errou, quer dizer que você tentou e aprendeu”.

Os investidores João Kepler, Marco Poli e Camila Farani são professor do curso Investimento em Startups de A a Z. Conheça o conteúdo, aprenda e invista em conjunto com eles! Clique aqui.