Com R$ 1 mil, qualquer pessoa pode investir em empresas inovadoras

Financiamento coletivo de startups tem feito muito negócios inovadores decolar

Avatar

Por Júnior Borneli

6 de novembro de 2015 às 15:35 - Atualizado há 4 anos

A cada dia é mais comum ouvir falar em financiamento coletivo. Existem campanhas para arrecadação de dinheiro para pessoas em dificuldade, entidades de caridade e até para viagens de estudo.

Porém, uma outra modalidade de financiamento coletivo tem ganhado força nos últimos meses: o financiamento coletivo de empresas inovadoras, as chamadas startups.

Antes, para que alguém pudesse investir em uma empresa, era preciso ter muito dinheiro e entender do mercado de ações. Agora, com as plataformas de investimento coletivo, qualquer pessoa pode investir em companhias inovadoras com valores a partir de R$ 1 mil.

Uma das ferramentas mais conhecidas é a plataforma Broota, que tem ajudado muitos empreendedores a realizar o sonho de receber investimento e expandir o negócio. Só em 2015, foram mais de R$ 3 milhões captados através do financiamento coletivo onde investidores aportam de R$ 1 mil a até centenas de milhares de reais.

Ao mesmo tempo que o Broota abre uma porta para que mais pessoas possam investir em startups, há a preocupação com relação aos riscos envolvidos nesse tipo de negócio, que são muito altos. Por isso, a empresa criou a figura do “Investidor Âncora”, que é sempre um investidor já experiente nesse mercado que faz a seleção da startup que receberá o dinheiro, cuida da entrada dos novos investidores e lidera o processo todo.

O Broota, que foi fundado pelos empreendedores Frederico Rizzo e Ricardo Politi, está com captação aberta para 10 empresas nesse momento. Os valores variam de R$ 100 mil a R$ 1,2 milhão e quem quiser conhecer e investir, é só fazer um cadastro no site e seguir os passos.

O empresário Ricardo Politi, que ajudou a fundar a empresa, estará presente no Accelerator Day, evento que será realizado pelo StartSe no dia 21 de novembro. Ele vai participar de um painel sobre o mercado de investimento em startups no Brasil e mostrar quais são os caminhos para ter sucesso no processo de captação de investimentos via financiamento coletivo.

Se quiser conhecer o Ricardo e os demais empreendedores e investidores que estarão no evento, inscreva-se aqui.