Ashton Kutcher cria laboratório para combater pedofilia junto com Google, Face e Microsoft

Avatar

Por Júlia Miozzo

12 de novembro de 2015 às 15:13 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O ator e investidor Ashton Kutcher juntou-se a algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo para combater a pornografia e abuso infantil. Juntas, fundaram o laboratório sem fins lucrativos Innovation Lab, cujo anúncio foi feito nessa quinta-feira (12) pela empresa de Kutcher, Thorn.

O laboratório terá seus próprios engenheiros e cientistas de dados, que vão experimentar novas tecnologias para identificar e denunciar o comportamento criminoso na internet direcionado a crianças.

Segundo o CNN Money, o Google, Facebook, Microsoft e Pinterest são algumas das empresas que estão ajudando nos investimentos e oferecendo o suporte de engenharia. O laboratório também buscar na “dark web” (porção mais obscura da deep web) para identificar as vítimas e criar um serviço para identificar melhor as crianças desaparecidas em suas fotos. “Provavelmente está acontecendo em seu bairro, seu ambiente de trabalho, sua escola”, disse o ator sobre a recorrência da exploração infantil.

A empresa de Kutcher está há anos unindo empresas de tecnologia contra a causa. Uma das parcerias mais bem sucedidas foi a Spotlight Tool, que ajuda investigadores a encontrar traficantes do sexo na internet. Ele foi lançado em abril de 2015 e já é usado por policiais em 45 estados.

“Esse é, de longe, um dos problemas mais difíceis a ser resolvido e uma das startups das quais sou mais orgulhoso”, disse Kutcher, que já investiu em startups como o Uber, Airbnb, e Zenefits.