Ashton Kutcher conta quais são suas três principais regras para fazer investimentos

Avatar

Por Júlia Miozzo

29 de setembro de 2015 às 10:08 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

SÃO PAULO – Mais conhecido como um ator de Hollywood, poucas pessoas sabem que Ashton Kutcher também é um dos maiores investidores em startups dos últimos tempos. Ele, inclusive, é um dos novos investidores convidados na sétima temporada do programa Shark Tank, no qual empreendedores mostram suas ideias a possíveis investidores.

Em 2010, ele criou a empresa de investimentos A-Grade Investments, que fundou com os empreendedores e investidores Guy Oseary e Ronald Burke. Algumas das startups nas quais já investiu são o Uber, Airbnb, Spotify e Skype – antes da aquisição pela Microsoft. As informações são do Business Insider.

Em entrevista a seu próprio site, A-Plus, Kutcher comentou quais são as três regras de investimento que segue, todas baseadas no que ele enxerga nos empreendedores. Confira:

1. Eles precisam entender tanto seu produto quanto sua indústria
Boas ideias não são o suficiente sozinhas. É preciso saber executar. 

2. Eles precisam ter uma personalidade que lhes permita resistir a fracassos e retrocessos
“Você pode ter a melhor ideia do mundo e absoluto domínio, mas se você quer fazer algo ótimo no mundo, existirão obstáculos; e você terá que ser uma pessoa que tem a ingenuidade e força de vontade de superar esses períodos”, disse.

3. Eles têm que se dar bem com ele
Em entrevista ao jornal The Telegraph em 2013, Kutcher disse que era levado a tecnologias de consumo. “As empresas que vão se dar bem são aquelas que buscam felicidade”, disse. “Se você encontrar uma maneira de ajudar as pessoas a encontrar amor, saúde ou amizade, o dólar sairá em busca disso”.

Entretanto, Kutcher disse que não vai entrar em um compromisso de milhões de dólares e anos para ser o mentor de alguém com quem ele não goste.