As criptomoedas e o futuro de Venture Capital

Avatar

Por Elena Costa

11 de dezembro de 2017 às 12:53 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Se você é de um fundo de investimento em startups deve ter prestado atenção no movimento que a ICO realizou no mercado este ano. O destaque dessa dinâmica demonstrou que o blockchain e criptoasset tiveram um crescimento surpreendente e resultou em uma especulação sobre como o Initial Coin Offering poderá modificar o modelo tradicional de investimentos.

O ICO se destaca por levantar uma quantia surpreendente por meio de projetos individuais nesse ano. Com essa vantagem, diversas empresas optaram por se aproveitar do mercado de ICO para aumentar o seu capital para desenvolvimento usando emissão de tokens acarretando em uma diminuição de rodadas de investimentos tradicionais.

O mercado visualiza essa transação ainda como algo recente, mas com o seu intenso crescimento fará com que os reguladores certamente criem diretrizes, mas os problemas de governança influenciarão nessa ação. Nos ICOs é difícil dizer quem são os acionistas subjacentes ativos, já no tradicional as partes interessadas são conhecidas, há um conselho de administração estabelecido e uma governança clara.

Sabe-se que poucas VC investiram e apresentam interesse em capital institucional de blockchain e cryptoassests. O Blockchain é mantido por uma rede pública distribuída que é mantida por cada integrante da rede. E os participantes do mercado avaliam o potencial de aplicação da tecnologia para diversas indústrias.

O setor financeiro está dando uma atenção mais focada para o potencial que estas tecnologias têm a oferecer em termos de revolucionar e agilizar as transações financeiras, já que o Blockchain permite registrar todo o processo dando mais segurança a ação. E também permite reduzir a necessidade de intermediários simplificando os custos.

Essa tecnologia de fato já demonstra o sentido da arquitetura descentralizada e isso acarretou em especulações monetárias sobre o futuro do bitcoin e criptografia, algo que só ocorreu recentemente. A criptomoeda ainda é muito volátil e com baixa liquidez e sem uma regulamentação que faz com que o mercado ainda não a use em número significativo de transações diárias. Além disso, poucos comerciantes a aceitam como pagamento em relação aos cartões de crédito.

Segundo Kirsten Morin, gerente de investimentos sênior de capital de risco global da Aberdeen Standard Investments, “O interesse em ICOs, que estão financiando projetos relacionados a blockchain, demonstrou que muitos outros acreditam no potencial da tecnologia também”.

A forma como fazemos negócios está mudando. Mas o que vimos até aqui foi só a ponta do iceberg. Você está preparado para a Nova Economia? Reunimos as mentes mais brilhantes do Brasil para debater os pontos fundamentais que vão impactar seus negócios e sua carreira em 2018: A Revolução da Nova Economia

(Via VC Journal)

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em patrocinar eventos da StartSe, envie um e-mail para patrocinio@startse.com.br

[php snippet=5]