Quer empreender? Você precisa assistir a essas séries de TV

Avatar

Por Júlia Miozzo

24 de fevereiro de 2016 às 12:48 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Empreendedores e aspirantes a empreendedores sabem o quanto pode ser difícil entrar para esse mundo, apesar de tão fascinante. São desafios, inseguranças, dúvidas e questionamentos não somente sobre os negócios, mas sobre a carreira e se a escolha foi a certa.

Algumas histórias, por mais que sejam fictícias, conseguem fazer um retrato de situações em que o empreendedorismo e valores que ele abrange são importantes – e como se virar como empreendedor. É o caso de diversas séries de TV, que ganharam a recomendação de verdadeiros empreendedores de sucesso.

Quer empreender ou se aprofundar no assunto? Então, você precisa assistir a essas séries:

Silicon Valley
Como o próprio nome aponta, a série mostra a história de programadores que tentam construir uma carreira de sucesso no Vale do Silício, Califórnia, o maior polo de empreendedorismo do mundo.

“Além de muito bem humorada, a série mostra alguns tópicos interessantes para empreendedores no mundo das startups. Apesar das situações exageradas, muitas vezes conseguimos nos relacionar com o que é apresentado”, disse Ygor Lemos, CTO da startup PiniOn.

Mad Men
A indicação do empreendedor Rafael Cota, fundador da Mobobox, é a série Mad Men porque, “ao assistir a obra, a lição fundamental é de que o empreendedor deve evitar a qualquer custo a guerra de egos e interesses dentro da sua equipe de colaboradores, uma vez que tal situação acaba minando o crescimento e objetivos comuns da empresa”.

Ela retrata o dia a dia de uma agência de publicidade e como a vida do profissional Don Draper acompanha as mudanças no mercado. “Outro ponto importante que destaco é o fato de que manter uma relação conturbada com os clientes pode afetar bastante a reputação e os negócios de qualquer empresa”, completou o empreendedor.

Homeland
Oito anos após o desaparecimento de dois soldados norte-americanos no Iraque, um deles consegue ser resgatado pelo exército e retorna para o país. Embora não seja uma série que retrate o empreendedorismo em si, ela mostra, segundo Fabricio Buzzatti, CEO da Omnize, “situações que colocam a ética e valores em destaque”. O empreendedor completa que “todos esses aspectos podem facilmente ser colocados como paralelo com o mundo corporativo onde ética, comprometimento e trabalho por uma causa são essenciais”.

Lost
A série retrata a história após um voo que fazia o trajeto de Sydney, Austrália, até Los Angeles, EUA, cai em uma ilha no Oceano Pacífico. Um grupo de 48 passageiros sobreviventes de todo o mundo, então, deve trabalhar em conjunto para se manter vivo na ilha.

Para Jhonata Emerick, CEO da 99Motos, a série é uma boa indicação para empreendedores porque “no ambiente corporativo temos que conviver com pessoas de diferentes personalidades, manias e nem sempre isso é fácil. Mas o que está envolvido é a sobrevivênciada empresa. Quando o assunto é startup, a multifuncionalidade do indivíduo, aliado ao trabalho conjunto, ainda  é evidente, como no caso do grupo que está perdido na selva”.

Narcos
Pablo Escobar foi um dos maiores traficantes da história, e é exatamente a sua história que a série vai retratar – como se tornou um dos criminosos mais procurados do mundo. Pode parecer estranho indicar uma série que retrate atividades ilegais, mas para Vinicius Neves, sócio-diretor do Stoodi, a série possui, sim, suas lições empreendedoras.

“O legado de ‘El Patrón’ sob a perspectiva dos negócio nos ensina que você deve mnter o foco na atividade que você sabe realizar com excelência, ou seja, aquele problema que você resolve melhor que seus concorrentes. Como empreendedor, devemos detectar uma oportunidade de mercado, estudar os players e avaliar se consegue atender aos clientes com algum diferencial em relação às outras empresas”, explicou o empreendedor.

O Sócio
“Quem está pensando em abrir seu próprio negócio ou já o tem aberto deve assistir a série e aprender com os erros e problemas mais comuns que grande parte das empresas passam e, o melhor, como passar por esses problemas”, indica o empreendedor Gabriel Vicente, sócio fundador da Verde Source.

A série é um reality show que mostra um investidor americano, Marcus Lemonis, que ajuda empresas a superarem seus pontos fracos e a ressuscitar seus negócios, que já estão à beira da falência.

Truques da Mente
Entender como o cérebro interpreta a realidade e, principalmente, como ele pode nos enganar, é o objetivo dessa série. “Esse entendimento nos ajuda desde a precificação, definição de faixas e versões de produtos – algo que é uma das maiores dificuldades da maioria dos negócios –, até no como expor seu produto, abordar os problemas que ele tenta solucionar e convencer seu cliente”, indicou Ivan Viragine, sócio-fundador da Verde Source.

 

Shark Tank
O reality show é uma perfeita representação de como funciona um pitch de negócios: são diversos empreendedores que tentam convencer, rapidamente, um grupo de investidores a investir em seu negócio.

“O mais interessante do Shark Tank é colocar sua ideia à prova para uma equipe de jurados com muito conhecimento/experiência e contatos. Tirando a parte teatral e as “negociações” de porcentagens e valores, vale muito a pena assistir e observar os principais erros e acertos dos participantes na hora de elaborar um pitch”, apontou o empreendedor Leonardo Viragine, também da Verde Source.