Os principais erros de empreendedores iniciantes

Avatar

Por Juliana Américo

3 de março de 2015 às 15:30 - Atualizado há 6 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

SÃO PAULO – Na ânsia de querer tirar a ideia do papel e começar logo o projeto de um negócio próprio, os jovens empreendedores acabam esquecendo ou ignorando alguns passos importantes para um negócio de sucesso.

O empreendedor e criador dos blogs eAdministração e Primeira Venda, Leonardo Moreira, listou, para o site Saia do Lugar, os principais erros que os empreendedores de primeira viagem costumam cometer. Confira quais são:

1- Não conhecer a sua empresa e clientes
Saber quem são as pessoas que compõe os cenários interno e externo da sua organização é uma tarefa essencial que todo empreendedor deve realizar, antes mesmo de começar as suas atividades. É importante conhecer os profissionais que trabalham para você, a comunidade na qual a sua empresa está inserida, os clientes, os potenciais consumidores e os fornecedores.

Isso ajuda a determinar a linguagem a ser utilizada para a captação do desejo de compra, para a qualidade dos produtos e para o tipo de valor que será agregado para impulsionar as vendas.

2- Não ter reservas financeiras
Por mais bem delineado que seja o seu empreendimento e por maiores que tenham sido os cuidados na hora de iniciá-los no mercado, imprevistos poderão acontecer e você precisa estar preparado para isso. O cenário do mercado muda constantemente e é necessário ter aportes financeiros para conseguir superá-los e para conseguir realizar as adaptações necessárias.
Tenha um capital de giro adequado ao seu tipo de negócio e, sempre que possível, fuja dos empréstimos com juros altos.

3- Não treinar os funcionários
Grande parte do sucesso das vendas e da fidelização dos clientes depende de seus funcionários; tudo pode estar em perfeito estado, mas se os seus funcionários não “vestirem a camisa” da empresa, é provável que nada dê certo. Procure investir em treinamentos, estratégias de motivação e na formação de líderes.

4- Não saber separar bens pessoais de bens ativos da empresa
Esse é um erro muito comum que acomete aos empreendedores de primeira viagem. Nas startups, por exemplo, acontece dos ganhos começarem antes do previsto, o que dá a falsa impressão de que já é possível reaver algum dinheiro investido sem que o negócio esteja estável. Gastos pessoais misturados às despesas da empresa são sempre um grande problema, pois assim não se consegue ter a ideia exata de como o empreendimento está indo.