Os 6 passos práticos para criar uma startup

O aprendizado de novos empreendedores pode ir além da teoria e dos cursos especializados

Avatar

Por Júlia Miozzo

28 de abril de 2015 às 10:00 - Atualizado há 5 anos

SÃO PAULO – Existe uma grande variedade de cursos para empreendedores no mundo inteiro, cada um com sua própria proposta, mas todos com o objetivo comum de formar empreendedores. O problema é que as regras de sucesso no empreendedorismo variam conforme o mercado e, no momento, são poucas as instituições que conseguem acompanhar o ritmo em que mudam.

Em artigo para o Entrepeneur, o executivo Martin Zwilling indica que o mais importante é “aprender a aprender”. Empreendedores de sucesso devem ver esse ritmo acelerado do mercado não como um problema, mas sim como oportunidade para destacar-se da multidão ao mudar o mundo.

Confira seis passos que todo novo empreendedor deve tomar para entender o mercado e se destacar:

1. Converse com pessoas que “já estiveram lá e fizeram isso”
Em outras palavras: tenha contatos. Entretanto, muitos empreendedores giram a conversa em torno de sua última ideia – e acabam escutando pouco o que o outro tem a dizer.
Os conselhos e experiências de quem já é um empreendedor de sucesso podem ser úteis para quem está entrando no mundo dos negócios.

2. Pesquise por histórias atuais ou modelos para se inspirar
Em algum momento do dia, leia seus blogs favoritos, procure mais sobre histórias que te inspiram e expanda sua rede de contatos offline.

3. Encontre um mentor de negócios – e também um amigo
Enquanto um mentor te dirá o que você precisa ouvir, um amigo dirá o que você deseja – e, na verdade, você precisa dos dois, sabendo apontar as diferenças. Perspectivas de pessoas que presenciem a realidade de seu negócio ou a montagem dele podem valoriza-lo ainda mais.

4. Não deixe passar novos aprendizados
Aulas que focam no estudo de casos e exercícios em grupo, que vão além do mundo acadêmico, para seminários profissionais e da indústria. Foque nas oportunidades que se adequam às suas necessidades atuais, uma vez que você nunca sabe do que precisará no futuro.

5. Seja um voluntário de organizações do seu interesse
Não há maneira melhor de ampliar sua perspectiva e entender realidades do que trabalhar em um ambiente onde as motivações são positivas. Como voluntário você garante a real experiência de liderança e aprendizado sem compromissos de longo termo e pressões financeiras.

6. Comece seu próprio pequeno negócio
O custo inicial para um empreendedor é geralmente baixo, com ferramentas de criação de site gratuitas e a possibilidade de criar aplicativos para smartphone por poucos milhares de dólares. Aprenda sobre os desafios de uma startup com uma ideia de baixo risco, antes de apostar tudo em seu grande sonho.